Miguel Falabella é um dos maiores e mais completos artistas do Brasil. Ele transita diante a atrás das câmeras com o mesmo sucesso e competência. Na TV, por exemplo, ele liderou a audiência muitos anos com o 'Sai de Baixo' e depois do 'Pé na Cova'. Também teve muito sucesso no teatro e como diretor de TV, além de roteirista. Este lado, porém, muita gente conhece. Já sobre a vida pessoal do astro, pouca gente tem notícia. Miguel, por exemplo, tem dois filhos afetivos dos quais ele pouco fala, mas resolveu abrir o coração para a Rádio Globo, no programa Papo de Almoço.

Publicidade

Na atração, ele falou sobre os rapazes e sobre a prisão de um deles, segundo o artista, de forma injusta.

De coração aberto, Miguel Falabella revelou que tem dois filhos que não são biológicos e engatou a história da prisão do mais novo. Ele iniciou contextualizando a história de um furto que começou com o caçula pedindo para ir para a região de Serra e pediu para levar um coleguinha que ele conhecia pouco, mas os dois jogavam bola juntos. Miguel revelou que apesar de não conhecer muito bem a família, eles partiram para a região serrana.

Amigo do filho furta garrafa de uísque e delegado configura formação de quadrilha

Miguel continuou chamando a história careta de que só se leva (o menino) se conhecesse a família e isto acabou sendo superado. O garoto seguiu para a serra com o caçula do astro. Em determinado momento, o garoto, o filho de Miguel e outro amigo estavam no supermercado fazendo compras de suprimentos e em determinado momento o moleque furtou uma garrafa de uísque.

Como estavam em três, ao serem identificados com o produto do furto, foram levados para a delegacia e o delegado autuou como 'formação de quadrilha'.

Publicidade

Miguel explica que as imagens das câmeras de segurança flagraram realmente o moleque colocando noa mochila a garrafa, mas seu filho estava em outro corredor comprando uma escova de dente. Isto, por si só, já o excluía da 'quadrilha'. De todo modo, Falabella teve que ouvir do delegado que a autuação serviria para dar exemplo para 'playboy'.

Na oportunidade, os meninos eram adolescentes e o diretor de teatro lembro que nesta idade, os pais têm que estar atentos o tempo inteiro. ‘Eu nunca imaginei que ele fosse roubar.', disse o caçula de Miguel.

Ele também revelou que jamais poderia imaginar que o menino colocaria uma garrafa de uísque na mochila.

De todo modo, ele colocou e a situação acabou virando ma grande dor de cabeça. 'São besteiras que às vezes te jogam numa situação terrível', finalizou.