A funkeira Ludmilla, que recentemente assumiu que teve um affair com Gabriel Jesus, passou por uma dificuldade durante uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. A notícia foi dada por Leo Dias em sua coluna no jornal carioca O Dia e também durante o programa "Fofocalizando", do SBT, onde ele apresentou o furo de reportagem. O programa de Fofocas aproveitou para ouvir Ludmilla sobre o que realmente aconteceu com o veículo. A cantora, que recentemente cancelou a parceria musical com Nego do Borel, confirmou o fato e explicou exatamente o que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

O veículo realmente foi apreendido durante uma operação da polícia que evita que motoristas dirijam bêbados, também conhecida como a blitz da Lei Seca. A blitz feita por policiais do Rio de Janeiro acabou parando o carro da cantora e ela estava com os documentos pagos e toda a parte financeira estava em dia. Também não havia nenhum tipo de problema associado ao álcool. O problema estava mesmo na cor do carro, que estava envelopado, todo com uma cor muito chamativa que transita entre o rosa e o roxo. Aliás, as cores que a cantora mais gosta. Ludmilla chegou a ter os cabelos coloridos em cor parecida com a do carro que foi apreendido.

Ludmilla tem o carro apreendido em blitz da Lei Seca

Assim que Leo Dias deu a notícia na TV, dizendo que o veículo da cantora foi apreendido pela Lei Seca, logo a cantora ligou ao vivo e pediu que a história fosse explicada de maneira correta. Tudo começa quando a funkeira decidiu envelopar o carro com a cor chamativa. A questão é que isto, quando altera a cor do carro, precisa também ser dado conhecimento às autoridades competentes, para que a cor também seja alterada nos documentos.

Publicidade

E nisto a cantora pecou e não o fez.

O carro importado, em seu documento original, estava documentado como vermelho, cor na qual o veículo foi fabricado. O policial que fez a apreensão, ao checar a cor do veículo com a cor do documento percebeu o erro e acabou não tendo "conversa". A cantora chegou a reclamar pois toda a abordagem feita foi filmada pelos fiscais.

Cantora reclama da filmagem na abordagem

Ludmilla também quis saber o motivo de estar sendo abordada e filmada, o fiscal então revelou que, assim que houve a aproximação do veículo à blitz houve a troca de lugares entre passageiro e motorista.

Segundo as autoridades, assim que o carro da funkeira foi parado, quem estava dirigindo era a irmã de Ludmilla. Elas estavam na companhia de outras pessoas seguindo para uma casa noturna.

Confira uma foto do veículo apreendido da cantora Ludmilla.

Leia tudo