A viúva de Ricardo Boechat usou o Instagram nesta quinta-feira (21) para contar aos seguidores o que estava acontecendo com a cachorrinha da família. Nina, da raça lulu da Pomerãnia, tem apenas três anos e tem feito algo que chamou a atenção de Veruska Seibel. Todas as noites a cadela faz o que sempre fez, vai para a escada e fica esperando o jornalista voltar do trabalho. Boechat morreu no último dia 11 em um acidente de helicóptero em São Paulo.

Publicidade
Publicidade

Em seu Instagram, Veruska postou a foto de Nina com a legenda revelando o que a cadela fazia. Ao final da legenda ela usou um emoji de tristeza. Até o momento mais de 100 mil pessoas curtiram a postagem feita pela viúva. Muitos dos seus seguidores se mostraram emocionados com o relato. Ao vasculhar o Instagram de Veruska é possível encontrar muitas fotos de Nina.

Veruska revela como Nina entrou para a família

Em outubro de 2018 Veruska fez uma publicação no qual deu detalhes de como Nina entrou para a família.

Publicidade

Ela contou que jamais passou pela sua cabeça em ter um cão dentro de casa e classificou o animalzinho como a cadela que ela não queria ter de modo algum.

Na postagem ainda foi revelado que Nina ficava em um canil onde os Animais estavam sendo maltratados. Por esse motivo ela foi tirada de lá ainda filhote. A data exata do nascimento da cachorra é desconhecida, porém o veterinário que cuida dela acredita que ela deve ter nascido no dia 30 de novembro de 2015.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Animais

Então, eles decidiram escolher essa data para ‘comemorar’ o aniversário da cadela. A postagem termina com um tom de brincadeira e leva a assinatura de "Hacker", como se a conta tivesse realmente sido invadida por alguém, para que se pudesse dar os parabéns para a cadela, visto que Veruska nunca teve a intenção de adotar uma cachorra.

Catinho de Boechat

Os amigos de Ricardo Boechat que trabalham na Band prestaram uma homenagem ao colega morto e criaram o "Cantinho do Boechat" no local onde o jornalista costumava ficar lendo jornais e fumando toda manhã.

Mais uma homenagem oferecida ao colega que perdeu a vida aconteceu na última quarta-feira (20). Uma placa foi posta para marcar o local. Inclusive, a viúva de Boechat mostrou o cantinho nas redes sociais. Ela postou a foto do local onde fica a placa e revelou que era ali que o jornalista ficava todas as manhãs. Veruska ainda revelou que uma última foto da sequência que foi feita por Frederic Jean para a revista IstoÉ, permite que as pessoas entendam como Boechat ficava em seu cantinho.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo