O cantor pernambucano Luan Douglas, que participou do programa "The Voice Brasil" em 2016, é acusado de agressão pela ex-namorada, de acordo com a Polícia Civil. Um boletim de ocorrência datado de 21 de fevereiro foi registrado contra o cantor, mas só foi divulgado nesta última terça-feira (26), por meio de uma reportagem do portal G1. A polícia informou que Raquel Diniz Sales Cavalcante, ex-namorada do cantor, contou que havia sido agredida por ele em outubro de 2018.

O músico de 20 anos é natural de Palmares, município do estado de Pernambuco, e participou da quinta temporada do programa "The Voice Brasil", transmitido pela Rede Globo.

O caso de agressão foi registrado na 1ª Delegacia da Mulher em Santo Amaro, localizado no centro de Recife.

O artista fez parte da equipe do cantor Michel Teló no reality musical e conseguiu um certo destaque durante o programa, mas não ao ponto de ter uma projeção nacional ao fim do programa. O cantor ficou entre os 24 melhores da quinta temporada do programa. A defesa do músico não quis comentar o caso de agressão.

Relato da ex-namorada

A ex-namorada do cantor fez uma publicação em sua rede social sobre o caso e compartilhou foto mostrando suposta marca deixada pelas agressões.

Ela alega que os ataques ocorreram no dia 12 de outubro do ano passado, mas que a denúncia não ocorreu na época por sentir medo, vergonha e culpa.

A postagem de Raquel relata os momentos de sua denúncia e a dor que sentiu poe ter que estar ali para realizar uma denúncia a respeito de uma pessoa que ela escolheu para fazer parte de sua vida. De acordo com informações dadas pela Polícia Civil e replicadas pelo G1, quando o boletim de ocorrência foi registrado, Raquel não pôde retornar à delegacia para prestar os depoimentos necessários e apresentar suas testemunhas para o caso.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

A corporação informou também que o depoimento da mulher está como agendado para o mês de abril.

A violência contra as mulheres é um fator crescente no Brasil e deve ser denunciada. No ano de 2018, cerca de 7,6 mil mulheres foram vítimas de violência em todos os meses do ano. No ano anterior, o número era de 6,1 mil mulheres. É um fator crescente e preocupante no país. Os feminicídios no Brasil têm uma taxa de crescimento alarmante e o Governo Federal fornece os dados a respeito de violências contra as mulheres anualmente.

Para denunciar casos de violência contra a mulher, procure uma Delegacia da Mulher ou Ligue para o número 180.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo