Após ser pego em flagrante durante um furto, um homem foi agredido em Matinhos, cidade da região litorânea do Paraná. Na ocasião, Vanderlei Rafael da Silva estava furtando pão e linguiça. Sensibilizados com a situação, alguns artistas deram início a uma movimentação com o intuito de ajudar o homem. Assim, na última quinta-feira (28), foi criada uma vaquinha online cujo objetivo era arrecadar R$ 30 mil para ajudar o homem que foi pego roubando.

Publicidade
Publicidade

A vaquinha foi motivada por causa de vídeos publicados na web

A vaquinha em questão foi motivada pela divulgação de dois vídeos através das redes sociais. No primeiro, Silva aparece levando uma tapas no rosto, aplicados por um funcionário do supermercado no qual ele foi pego roubando. O segundo vídeo, por sua vez, foi feito por uma pessoa com o objetivo de mostrar as condições em que Vanderlei Rafael da Silva vive, bem como por tornar público um pedido de desculpar de Silva pelo delito cometido no supermercado.

Publicidade

MC Mirella cria campanha online para ajudar Vanderlei

Tão logo os vídeos descritos se tornaram de conhecimento dos internautas, começaram a causar comoção. Uma das primeiras pessoas famosas a se mobilizar em prol de Vanderlei Rafael da Silva foi a cantora MC Mirella que, por meio de suas redes sociais, fez a promessa de fornecer alimentação para Vanderlei durante o período de um ano.

Prontamente, outras celebridades, como o cantor Kevinho e o humorista Carlinhos Maia, aderiram à movimentação iniciada por MC Mirella e manifestaram o seu apoio à campanha da cantora.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Ambos se mostraram bastante dispostos a fornecer ajuda a Vanderlei Rafael da Silva, tanto que cada um disponibilizou mais um ano de alimentos para Silva.

Posteriormente, a cantora iniciou uma vaquinha com o objetivo de arrecadar R$ 30 mil para ajudar o homem. Na última atualização, o portal G1 havia afirmado que a arrecadação tinha atingido o valor de R$ 65 mil.

O supermercado em que o delito ocorreu não fez nenhum registro na Polícia Militar

Conforme informações fornecidas pela Delegacia de Polícia de Matinhos ao G1, o supermercado no qual o delito de Vanderlei Rafael da Silva foi cometido não registrou nenhum tipo de boletim de ocorrência contra o homem.

Porém, ao serem procurados pelo site para comentar os fatos ocorridos no local, os responsáveis pelo supermercado optaram por se manter em silêncio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo