Veruska Seibel, viúva do jornalista Ricardo Boechat, usou seu Instagram na última segunda-feira (11) e publicou uma linda homenagem para ele. No dia 11 de março completou um mês que Boechat morreu.

Na publicação, Veruska usou uma foto e uma imagem de uma carta que Ricardo Boechat escreveu a mão. Na legenda da imagem, ela disse que era dia 11 outra vez, e o que ela desejava era que tudo fosse apenas um pesadelo.

Na carta publicada por Seibel, Boechat escreveu que sempre acreditou que ganharia um presente da vida que fosse capaz de fazer com que os seus dias de vida tivessem valido a pena.

Publicidade

Porém, ele não imaginou que ganharia um presente tão gostoso.

A publicação feita por Veruska teve mais de 90 mil curtidas e milhares de comentários. Os seguidores de Seibel demonstraram muito carinho em seus comentários.

Essa não é a primeira vez que Veruska faz com que seus seguidores se emocionem. Em outra oportunidade, ela compartilhou com seus seguidores uma surpresa que as duas filhas fizeram para ela. No dia do seu aniversário, as duas meninas surgiram cada uma com um bolo.

Entenda o caso

Na manhã de segunda-feira do dia 11 de fevereiro, Ricardo Boechat tinha dado uma palestra para alguns representantes da indústria farmacêutica em Campinas.

Após a palestra, o apresentador estava retornando para São Paulo, e deveria ter pousado no heliponto da Band, que fica localizado no Morumbi, na zona sul da capital paulista.

O comunicador tinha 66 anos quando faleceu no momento em que o helicóptero caiu. Ele estava a bordo da aeronave que apresentou problemas, e acabou caindo na rodovia Anhanguera. O helicóptero acabou batendo na parte dianteira de um caminhão que estava transitando pela via. Ronaldo Quattrucci, o piloto, também morreu no acidente.

Publicidade

Ricardo era apresentador da rádio BandNews FM, colunista da revista Istoé e apresentador do "Jornal da Band". Sua carreira começou em 1970 e no total foram 49 anos de profissão. Muito conceituado, o jornalista fez parte da redação de jornais como Diário de Notícias, onde começou, e posteriormente escreveu para O Dia, O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e também para O Globo.

Durante os anos 1991 a 2001 ele trabalhou na TV Globo e fez parte da equipe que comandava o "Bom Dia Brasil". A coluna diária do apresentador era sempre marcada por um humor ácido e irreverente.

Perfil

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em Buenos Aires na Argentina, no dia 13 de julho de 1952. Ele era filho do diplomata Dalton Boechat, que inclusive já foi assessor da petrolífera brasileira Petrobras. Na ocasião do nascimento de Ricardo, Dalton estava na Argentina a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Ricardo se tornou um recordista em vitórias no Prêmio Comunique-se e foi o único a ser vencedor em três categorias diferentes (Âncora de TV, Colunista de Notícia, Âncora de Rádio).

Publicidade