A atriz Yanna Lavigne e sua família foram assistir ao espetáculo OVO, apresentado pelo Cirque du Soleil, que aconteceu na noite desta quinta-feira (21), na cidade do Rio de Janeiro. O espetáculo foi presenciado por diversos famosos, entre eles Bruna Marquezine, que aproveitou para conhecer Madalena.

Yanna estava acompanhada do esposo, Bruno Gissoni e da sua filha, Madalena. Em entrevista, ela falou sobre sua experiência no ar, atuando ao lado de grandes nomes como Tony Ramos e Lília Cabral. A atriz, que faz parte do elenco de "O Sétimo Guardião", novela do horário nobre da rede Globo, disse que o momento está sendo muito especial, além de ser um ensino para a sua vida e a sua profissão.

Publicidade

A esposa de Gissoni declarou que está aproveitando ao máximo a parceria e que o núcleo da novela é muito amigo. Além disso, ela se sente privilegiada com a oportunidade.

Quando perguntada sobre a possibilidade de ter mais um filho, Yanna afirmou que ainda está cedo, embora seja um desejo dela e do esposo. Ela disse que, no momento, o casal prioriza o trabalho. "Vai levar mais um tempinho", revelou.

Atriz de 'O Sétimo Guardião' se sentiu injustiçada

Já Bruno Gissoni engatou um trabalho atrás do outro.

Após o final de "Orgulho e Paixão", o ator já vai começar a gravar um longa metragem de nome "Menino". Além disso, logo depois das filmagens, a família vai viajar.

Questionada sobre a polêmica envolvendo José Loreto e Débora Nascimento, Yanna Lavigne disse que contratou um advogado com a finalidade de não precisar tocar no assunto. Segundo ela, a situação é muito delicada e cabe à moça se defender de uma maneira justa e ética. "É isso que eu estou fazendo", resumiu a mãe de Madalena.

A atriz ainda acrescentou que se sentou injustiçada mas teve o apoio da família, que se manteve firme "Então quanto a nós está tudo certo", arrematou a jovem.

Publicidade

Lavigne garantiu que mantém amizade com todo o elenco e isso inclui Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa - ambos também participam da novela e foram citados na polêmica separação.

A atriz também respondeu o que pensa sobre uma possível reconciliação que estaria acontecendo entre Loreto e Débora. Apesar de não estar por dentro da situação, ela afirmou que ficaria muito feliz pois é a favor da família. Yanna também declarou que "todo caminho é válido".

Ao ser questionada sobre o perdão nos casos de traição, a mãe de Madalena desconversou e encerrou a conversa com os jornalistas, mas de maneira simpática, mesmo mostrando desconforto com o assunto, já que ela mesma foi alvo de situação parecida.