O ator global Paulo Betti entrou em uma Igreja Universal do Reino de Deus e começou a gravar um culto. No entanto, ele foi impedido por um dos seguranças do local de filmar lá dentro. De acordo com o ator, o segurança quase quebrou a sua câmera. Ele disse que um brutamontes expulsou ele do culto e desabafou: "não querem que eu revele o quê?".

Publicidade
Publicidade

A Igreja Universal rebateu as acusações feitas pelo ator e falou que ele pode ir em um dos cultos sem qualquer problema.

No vídeo publicado pelo ator em seu Instagram na noite desta última segunda-feira (22), dá para ver alguns fiéis assistindo a uma apresentação de Edir Macedo. Há um telão colocado no altar com o líder religioso passando uma mensagem. Entretanto, nas imagens aparece um homem proibindo o ator de estar gravando o culto. Sem criar confusões, o global pede para que o segurança não encoste em sua câmera e, em seguida, deixa o local.

Paulo Betti é expulso de culto da Igreja Universal e desabafa. (Arquivo Blasting News)
Paulo Betti é expulso de culto da Igreja Universal e desabafa. (Arquivo Blasting News)

As imagens acabaram criando polêmica. Algumas pessoas concordaram com o artista que teria questionado o por quê de não poder fazer a gravação. Contudo, outras o criticaram pela sua conduta. Paulo Betti chegou a responder a alguns comentários e retrucou as críticas recebidas.

Rosângela Moura o questionou por qual razão teria decidido filmar o culto e achou desnecessária a atitude do ator. O global respondeu para ela se existe algum ato obsceno ali que ele não pode gravar.

Publicidade

Lázaro Oliveira escreveu que o ator deveria ter mais respeito com as regras da igreja e reiterou que ele foi a um local sagrado onde as pessoas adoram Jesus Cristo. O internauta pediu mais educação e decência por parte do global. Paulo Betti respondeu que não viu nenhuma imagem de Jesus no local, apenas do Edir Macedo. O vídeo postado pelo ator acabou sendo apagado tanto do Instagram quanto do Facebook, conforme informou o site Notícias da TV, do portal UOL.

Universal rebate ator global

Através do seu site oficial, a Igreja Universal rebateu as declarações do ator. Em nota, a igreja comentou que após o ator ser advertido que não poderia gravar no local, ele teria ofendido um dos pastores que conversava com ele e teria atacado o Bispo Edir Macedo.

A confusão aconteceu na Igreja Universal do Reino de Deus que fica em Teresina, no Piauí. Segundo a nota, os dirigentes foram educados com Paulo Betti, mas ele estava descontrolado.

Publicidade

De acordo com o texto divulgado pela igreja, o ator disse que Edir Macedo estava "usurpando a palavra de Deus" e que o som do telão era horrível. Segundo a Universal, o ator acabou insultando milhões de fiéis que têm como seu líder Edir Macedo.

Na nota, a igreja cita um preconceito que ainda existe contra a Universal e seus milhões de fiéis espalhados pelo país. A igreja ressaltou que todos podem entrar nos cultos, porém, exigiu que respeitem as regras.

Publicidade

Leia tudo