Silvio Santos, como sempre polêmico com suas declarações, voltou a citar o apresentador global Fausto Silva durante o quadro de seu programa dominical, “Bolsa Família”. Vale lembrar, que recentemente o dono do SBT já havia dado uma declaração polêmica, ao comentar sobre o salário de Faustão, chegando até a chamar o apresentador de mentiroso.

Desta vez, sobrou até para Fabiano, diretor do “Programa Silvio Santos”. Isso, porque o dono da emissora brincou no meio do programa dizendo que o diretor não tem jeito. “Vai para a Globo”, disse o comunicador. Continuando, Silvio disse que Faustão tem um negócio legal e até dá pizza para os funcionários que trabalham com ele.

Com os comentários do apresentador, o auditório caiu na gargalhada e Silvio terminou dizendo: “gostaram da piada, deram risada”.

Silvio critica salário de Faustão

Depois de ter permanecido algum tempo de férias nos Estados Unidos, Silvio Santos retornou em abril a exibir inédito seu programa dominical, e digamos que o apresentador veio com tudo. Isso, porque já na sua primeira gravação inédita o apresentador já causou polêmica ao comentar o suposto salário de Faustão, que seria nada mais nada menos que R$ 5 milhões.

O apresentador criticou o salário de Faustão, enquanto dizia em seu programa que para economizar dinheiro colocou toda sua família para trabalhar em sua emissora. “Ganhar R$ 5 milhões por mês, o Faustão?

Mentiroso!”, disse.

Entrevista com Bolsonaro

No último domingo (5), o apresentador recebeu em seu programa o atual presidente da república, Jair Bolsonaro. Durante 30 minutos, Silvio entrevistou Bolsonaro em um bate-papo descontraído e falou de assuntos diversos, entre eles, o projeto de lei apresentado por Bolsonaro que defende a legalização do porte e da posse de arma de fogo.

Silvio Santos logo disse ao presidente que não concordava com o projeto, mas Bolsonaro ainda tentou convencer o apresentado citando como exemplo os Estados Unidos, onde a posse já é liberada. Mas, mesmo assim, Silvio fez comentários desfavoráveis ao projeto, e disse que se aprovado, o Brasil virará um faroeste.

Silvio também deixa claro que nos Estados Unidos, quando um cara faz alguma coisa errada vai pra cadeia e fica. “Aqui não”, terminou.

Depois do argumento apresentado pelo comunicador, Bolsonaro aproveitou para defender o projeto de lei de Sergio Moro, ministro da Justiça, que consiste em dificultar a progressão de pena. O projeto, que foi denominado “Lei Anticrime”, foi enviado ao Congresso Nacional em fevereiro e, se aprovado, trará mudanças no Código Penal, na Lei de Execução Penal e na Lei de Crimes Hediondos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!