No capítulo desta segunda-feira (6), em “O Sétimo Guardião”, atual atração das 21h, assinada pelo grande autor Aguinaldo Silva, o público vai poder ver o desfecho da morte do quinto guardião da irmandade protetora da fonte milagrosa de Serro Azul, o médico Aranha (Paulo Rocha).

Dessa forma, o misterioso serial killer, que vem aterrorizando a cidade, principalmente aos guardiões da fonte, vai envenenar o médico assim como fez com todos os outros membros anteriores da irmandade.

Até agora ninguém tem nenhuma pista de quem poderia estar por trás desses crimes, contudo, como a novela já está em sua reta final, as pistas desse mistério vão sendo dada aos poucos para os telespectadores. Inclusive, uma dessas pistas vai ser dada pouco antes de Aranha morrer, pois o médico conseguirá ver o rosto de seu assassino e vai se surpreender.

Mais uma morte em 'O Sétimo Guardião'

Tudo acontecerá da seguinte forma: Aranha vai ao encontro de Adamastor (Theodoro Cochrane) no cabaré após receber uma mensagem marcando o encontro.

Chegando lá, o médico vai encontrar o local escuro e vazio, sendo que a única coisa iluminada naquele ambiente será uma mesa.

Em cima dessa mesa terá dois objetos, uma garrafa de uísque e um bilhete, no qual terá um aviso dizendo que Adamastor está na pousada, mas que voltará em breve. Aranha então ficará à espera de Adamastor e resolverá tomar uns goles de uísque de uma garrafa deixada em cima dessa mesma mesa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas

Aranha perde a paciência com a demora de Adamastor e pensa consigo mesmo “para quem marcou encontro com urgência, Adamastor está atrasado demais”. Então, ele resolve ir até à pousada para saber o que Adamastor quer tanto falar com ele.

Entretanto, quando o médico se levanta, percebe uma tontura e pensa que é porque bebeu demais e por não ser afeiçoado à bebida, acabou ficando embriagado rapidamente.

Contudo, mesmo recuperando o equilíbrio, ele segue em direção ao túnel ainda meio grogue, sendo que, no caminho, ele vai encontrar com alguém que não será revelado ao público, e acabará reagindo com muita surpresa, perguntando o que aquela pessoa está fazendo ali e naquela hora.

O médico ficará ainda mais tonto e tentará se segurar em uma mesa. Ele vai colocará a mão no peito e perceberá que seu coração está disparado, por isso, pedirá a ajuda dessa pessoa misteriosa que está à sua frente, porém, esse cidadão misterioso vai apenas observar e esperar a morte de Aranha.

Será nesse momento que o médico vai matar a charada, e perceber de que a pessoa que está à sua frente é o serial killer da cidade de Serro Azul, responsável pela morte dos outros quatro guardiões da irmandade protetora da fonte.

As últimas falas de Aranha

Um pouco antes de morrer envenenado e perceber que descobriu a identidade do assassino em série da cidade, Aranha vai dar pistas sobre quem é o assassino.

“O tempo todo era você quem estava matando a irmandade”, dirá.

Essa frase vai dar pistas aos telespectadores sobre a identidade do assassino em série, pois vai mostrar que Aranha conhece a identidade do serial killer, como também, vai indicar que essa pessoa é alguém conhecida e próxima aos guardiões, devido a surpresa do médico ao descobrir que ela é a responsável pelos crimes da cidade.

Assim, depois que Aranha morrer, o assassino ainda vai deixar um bilhete no peito do médico onde estará escrito “Faltam dois!”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo