A Televisa confirmou na manhã desta quinta-feira (13) a morte de Edith González, que enfrentava um câncer no ovário desde 2016. A atriz, que tinha 54 anos, deixa uma filha de 14 anos e também seu marido. Edith era uma artista muito prestigiada no México e participou de importantes produções da Televisa, principalmente nos anos 1990 e início dos anos 2000. Ainda segundo o que informou a Televisa, a morte da atriz aconteceu na madrugada desta quinta (13), na Cidade do México.

Recentemente, Edith havia aceitado melhor a doença, e inclusive apareceu na mídia sem a tradicional peruca que usava desde que descobriu o câncer.

Em uma entrevista, Edith disse que o fato de ter deixado de usar a peruca havia feito ela se sentir uma mulher mais livre, além de também servir como exemplo e apoio para outras mulheres que sofrem com a doença. Edith González havia deixado recentemente a Televisa após muitos anos na emissora, e seu último trabalho na TV foi em "Eva La Trailera", uma novela que foi produzida pela Telemundo e exibida em 2016.

Carreira

Edith González iniciou sua carreira em 1970, quando participou da novela "Cosa Juzgada".

A partir daí seu talento finalmente foi descoberto e a atriz participou e protagonizou grandes folhetins latinos, se tornando uma das artistas mais importantes da história da dramaturgia mexicana.

Para os brasileiros, a atriz também foi muito importante. Ela participou da primeira novela mexicana exibida no país. Em 1982, o SBT levava ao ar a novela "Os Ricos Também Choram", como uma forma de levar a dramaturgia aos telespectadores, mas sem gastar tanto dinheiro com superproduções. No elenco da novela exibida pela emissora de Sílvio Santos, Edith González interpretava a personagem Maria Isabel, que fazia parte do elenco coadjuvante da trama.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Novelas

A primeira grande da novela que Edith teve um papel realmente relevante foi em "Rosa Selvagem", exibida em 1991 e que foi protagonizada por ela. A novela fez um enorme sucesso no Brasil e foi uma das grandes responsáveis pela popularização das Novelas mexicanas por aqui.

Em 2001, a atriz talvez tenha feito sua personagem de maior sucesso na carreira. Em "Salomé", Edith contracenou ao lado do ator brasileiro Guy Ecker, e o casal virou sinônimo de sucesso aqui no Brasil, já que a novela foi exibida por aqui pelo SBT, com enorme sucesso, em 2002.

Além disso, em 2010, Edith participou da novela "Camaleões", que foi parcialmente exibida pelo SBT, mas teve de sair do ar por conta de problemas com a classificação indicativa. A trama foi reclassificada pelo Ministério da Justiça por conta de algumas cenas mais pesadas, e por isso o SBT teve que tirá-la do ar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo