A Polícia Francesa resolveu entrar no caso de acusação contra o jogador Neymar Jr. A modelo Najila Trindade está acusando o jogador de ter cometido abuso sexual e agressão física contra a mesma no dia 15 de maio durante uma viagem que ela fez a Paris para se encontrar com o atleta.

Como o suposto abuso teria ocorrido em terras francesas, a justiça do país resolveu recolher os vídeos gravados no hotel em que o encontro entre Najila e Neymar ocorreu. Os vídeos foram recolhidos a pedido da justiça brasileira, visto que a ocorrência foi registrada quando a jovem voltou ao Brasil e não na França. Ainda não está em questão a abertura de uma investigação no país.

Como Najila alega que o jogador chegou alterado ao hotel, embriagado e parecendo até estar drogado, vindo a consumar o ato sexual sem o seu consentimento, o objetivo da justiça é verificar se realmente o jogador chegou dessa forma ao hotel. Pelas imagens de segurança das áreas comuns do hotel, a polícia verificará se o mesmo chegou alterado ao hotel e também a hora exata em que chegou e saiu do local.

Entenda o caso

Najila trindade abriu um boletim de ocorrência contra o jogador Neymar no dia 31 de maio alegando que havia sofrido abuso sexual e agressão física no dia 15 de maio. Segundo a jovem, ela conheceu o jogador através de uma rede social e após passarem algum tempo conversando, eles resolveram se encontrar pessoalmente.

Através de um amigo do jogador, tudo foi programado para que a modelo fosse à capital francesa encontrar o jogador, o mesmo bancou as passagens e a hospedagem da jovem em Paris. Ainda segundo Najila, o rapaz teria chegado aterado ao hotel e após trocarem carícias ela se recusou a manter relações com o mesmo por falta de preservativo.

Ela ainda garante que o mesmo foi agressivo, depois disso ele teria tirado fotos dela só de lingerie mostrando as marcas deixadas em seu corpo.

A jovem chegou a gravar um vídeo no dia seguinte quando o jogador esteve no hotel novamente, na tentativa de fazer com que confessasse a agressão, mas parte do vídeo divulgado mostra a modelo totalmente alterada agredindo o jogador e o mesmo tentando acalmá-la.

Neymar já prestou depoimento na polícia e negou todas as acusações contra a sua pessoa. Segundo o mesmo, ele usou sim o preservativo na relação que teve com a modelo e que a relação foi consensual. Quanto às marcas nas nádegas da jovem, o mesmo disse que chegou a dar uns tapas na região, mas foi porque a mesma pedia para ele fazer isso e pedia cada vez mais forte.

Najila já teve três advogados que chegaram a abandonar seu caso. O quarto advogado da moça está com a intenção de pedir uma acareação entre os dois para ver quem está mentindo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Neymar
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!