A edição destacsegunda-feria (10) do "Cidade Alerta", da Record TV, voltou a falar sobre a morte do ator Rafael Miguel, assassinado junto dos pais na frenta da casa da namorada. Luiz Bacci, apresentador do jornalístico, apurou informações sobre a relação de Paulo Cupertino, pai da jovem e suspeito do crime, com a família, e contou que o homem já teria agredido a esposa na frente da filha e mencionado o desejo de ter matado as duas.

Relação conturbada em família

Luiz Bacci, que também usou suas redes sociais para comentar o caso Rafael Miguel, abordou o assunto em seu programa e falou sobre a possível personalidade agressiva do principal suspeito do assassinato do ator.

Segundo o jornalista, Paulo Cupertino se mostrou contrário ao namoro da filha com o artista logo que descobriu o relacionamento, no ano passado.

Ainda segundo informações do "Cidade Alerta", Isabela e a mãe teriam sido ameaçadas pelo pai. "Eu deveria ter metido bala em você e na sua mãe no dia que você nasceu", reproduziu Bacci sobre as palavras que teriam sido ditas por Paulo.

O suposto assassino de Rafael Miguel ainda teria ido buscar a filha na escola antes das agressões à esposa, e, como não era habitual sua presença no colégio de Isabela, alegou que a mãe da menina, na época, estaria machucada.

Ainda de acordo com apuração feita por Luiz Bacci, Paulo Cupertino teria tirado a filha da escola durante aulas de teatro, e dentro de um carro teria a questionado sobre o namoro com o ator.

"Quem você pensa que é pra fazer o que quer da sua vida?", teria dito o homem, segundo o jornalista.

No mesmo dia, Paulo levou Isabela para casa e seguiu com os questionamentos sobre o namoro da filha, também com a mãe da jovem, alegando que elas teriam escondido dele o relacionamento, conforme contou Bacci.

Paulo Cupertino segue foragido e é o principal suspeito de ter assassinado Rafael Miguel e seus pais, no último domingo (9), de acordo com as investigações.

Luiz Bacci falou sobre o caso em seu Instagram

Logo que a morte de Rafael Miguel foi anunciada, Luiz Bacci usou suas redes sociais para falar sobre o caso e a relação proibida enfrentada por Isabela e o ator. O jornalista publicou um vídeo com um beijo do casal, que teria acontecido no dia anterior à tragédia.

Bacci contou aos seguidores que Isabela teria sido a responsável por livrar Rafael de uma depressão após uma instabilidade em sua carreira artística.

"Era a única responsável pelo sorriso do menino nos últimos meses", destacou o jornalista.

Ao falar sobre Paulo Cupertino, Bacci classificou o homem como "possessivo e temido por toda família". O apresentador da Record TV ainda escreveu que o suposto assassino do ator fazia questão de controlar de perto o namoro da filha.

Por fim, Luiz Bacci afirmou que fará o possível para encontrar "esse homem" e fazer justiça pela morte de Rafael Miguel.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!