Nos próximos episódios da novela "A Dona do Pedaço", da Rede Globo, Maria da Paz (Juliana Paes) tentará organizar um encontro com o objetivo de promover uma trégua nos conflitos entre os seus parentes e os de Amadeu (Marcos Palmeira). Entretanto, o encontro entre os Ramirez e os Matheus acabará em tragédia.

Adão (César Ferrario) se mostrará nervoso com o possível acordo e bastante disposto a preservar a situação de guerra entre as duas famílias. Durante o possível acordo, ele apontará uma arma para Amadeu e, posteriormente, terá um infarto diante de todos os presentes.

Encontro entre os Ramirez e os Matheus

O encontro de Maria da Paz será marcado em seu escritório na fábrica de bolos. Além dela, Amadeu e Adão, também estarão presentes na cena Rael (Rafael Queiroz), para representar a família Matheus, Evelina (Nívea Maria), Chiclete (Sérgio Guizé) e Mão Santa (Guilherme Leicam). Uma vez que todos estiverem no local, Maria da Paz avisará que o objetivo do encontro é selar um pacto.

Nesse momento, Amadeu afirmará que ele e seu sobrinho também estão ali em missão de paz. Entretanto, Adão lembrará que Maria já tentou um acordo semelhante quando era mais nova e isso não deu certo, fazendo com que mais mortes de ambos os lados acontecessem. Por fim, ele ressaltará que somente quando não existirem mais Matheus os Ramirez verdadeiramente terão paz.

Amadeu, entretanto, afirmará que ele e Maria da Paz desejam terminar essa guerra há muito tempo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Novelas

Ele afirmará que caso Adão lhe dê um tiro, a guerra terá início novamente.

Adão, porém, afirmará que acabaria com Amadeu tranquilamente, uma vez que ele é o chefe dos Matheus e, posteriormente, mataria também o seu sobrinho. Após fazer essas afirmações, ele questiona se o advogado já fez as suas orações do dia e afirma que ele partirá em breve.

Após ouvir as ameaças, Amadeu afirma que, caso morra, morrerá de cabeça erguida.

Rael, entretanto, colocará a mão na sua arma e afirmará que ele não vai morrer. No entanto, Chiclete também pegará uma arma e afirmará que nem vale a pena tentar, uma vez que seu pai não jurou nada e, devido a isso, está livre para agir como quiser.

A discussão entre os homens será interrompida por Maria da Paz, que vai confrontar Adão. A protagonista afirmará que ele não vai matar Amadeu e que, caso ele deseje atirar em alguém, precisará atirar nela primeiro.

Irritado, Adão dirá a Maria da Paz para sair da frente e Evelina reforçará o pedido afirmando que ela pode ser baleada se permanecer ali.

Entretanto, a protagonista não vai desistir da sua missão de selar a paz. Ela afirmará que Amadeu a procurou e ela aceitou se reunir com ele e convocou os demais membros da família. Dessa forma, o seu objetivo não era criar uma emboscada para Amadeu, mas antes a paz.

As cenas estão previstas para ir ao ar no dia 10 de agosto.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo