O capítulo da novela "A Dona do Pedaço" deste último sábado (10), terminou com Rael ateando fogo no depósito da fábrica de bolos e justamente quando Maria da Paz fez um empréstimo altíssimo e aumentou o estoque de ingredientes para alavancar a produção e faturar mais, já que ela está super endividada.

Nesta segunda-feira (12), o público verá a boleira sendo avisada por Márcio que é para ir imediatamente para a fábrica de bolos, pois, um incêndio estaria destruindo tudo. Chegando lá, Maria da Paz ficará arrasada vendo as chamas consumirem anos de muito trabalho e o que é pior, ela sabe que agora sua situação ficou ainda mais complicada.

Maria da Paz gastou uma fortuna para comprar uma mansão, depois acabou cedendo aos caprichos da filha e contratou um batalhão de funcionários, sem contar o empréstimo bancário feito por ela para adquirir uma importadora de vinhos e entregar a empresa para Régis tomar conta.

Agora, a empresária não tem como pagar tantos empréstimos e sabe que poderá ter sua empresa tomada pelos credores. Sem nem ao menos imaginar que a filha é uma megera, Maria da Paz aceitará o conselho de Josiane e irá transferir sua empresa para o nome da filha. Jô, mais uma vez se fará de santinha, mas o que ela quer mesmo é justamente isso, ter a fábrica de bolo e as confeitarias só para ela.

O golpe de Maria da Paz

Josiane se considera muito esperta, mas não sabe que sua mãe está aprendendo com os erros.

Segundo a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a boleira irá enganar a filha, prevendo que as coisas podem não sair como ela imaginava.

Maria da Paz acatará a ideia de passar sua empresa para o nome de Jô, porém, se lembrará que há pouco tempo a filha pediu propina à decoradora da mansão e, por isso, explicará a Antero qual é o seu plano. O advogado será o responsável por providenciar a transferência da fábrica para Jô e fará tudo conforme foi determinado pela boleira.

Desconfiança da filha

Maria dirá a Antero que confia em Josiane, mas como recentemente teve problema com ela, está com uma dúvida. O advogado perguntará se Maria da Paz não quer fazer a transferência da empresa e ela responde que não é isto, pois sabe que de todo jeito precisa tirar a fábrica de seu nome para não perder tudo para os credores.

Maria da Paz então pedirá a Antero que faça o documento de transferência de tal forma que se futuramente ela precisar, pode pegar a empresa de volta.

Experiente, Antero explica que no meio do contrato incluirá uma cláusula alegando que a venda foi só uma simulação, assim, caso seja preciso ela poderá voltar a ser a "dona do pedaço".

Quando chegar o momento das duas assinarem o contrato, Maria da Paz fará um teatrinho, conseguirá distrair a filha e Josiane nem perceberá a cláusula que foi inclusa por Antero.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!