No último dia 2 de setembro o ex-ator Gerson Brenner sofreu um choque séptico pulmonar e precisou ser internado no Hospital São Luiz, no bairro do Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. De acordo com o portal R7, Gerson tinha previsão de alta para esta sexta-feira (13), mas teria apresentado complicações pouco antes de ser liberado.

O hospital onde o ex-ator se encontra internado emitiu nota informando que Brenner estaria respirando sem a ajuda de aparelhos e que um eletroencefalograma teria sido realizado, com resultado livre de alterações. Segundo sua esposa, a psicóloga Martha Mendonça, Gerson está "super inquieto quando está bem, louco para voltar ao seu dia a dia".

Últimas internações

Ainda de acordo com o R7, em janeiro desde ano o ex-ator já teria sido internado devido a uma sepse pulmonar. As internações e os períodos longos no hospital nos últimos anos se tornaram recorrentes para o ex-ator. Em dezembro de 2017, Gerson teria ficado acamado por quase 70 dias para o tratamento de uma pneumonia, além de ser submetido a uma cirurgia no estômago.

De acordo com a nota emitida pelos médicos na internação atual, Brenner apresentou choque séptico com foco pulmonar e que, no momento, estaria em ventilação espontânea em ar ambiente estável hemodinamicamente. A nota informa, ainda, que Gerson estaria em observação no aguardo da liberação do home care.

Segundo o site Observatório dos Famosos, Gerson Brenner era ex-ator da Rede Globo e foi descoberto enquanto estrelava a peça "Ano da Revolução".

Brenner ficou nacionalmente reconhecido após atuar em sucessos da TV como "O Olho da Terra", "Tocaia Grande", "Vira Lata" e "Por Amor e Ódio". O ex-ator passou por emissoras como a extinta TV Manchete, a Rede Globo, o SBT e a Record TV.

Relembre o caso Gerson Brenner

O ex-ator Gerson Brenner estava no auge de sua carreira quando sofreu um atentado que mudaria sua vida.

No dia 17 de agosto de 1998, Brenner estava no ar como o personagem Jorginho, na novela "Corpo Dourado", quando foi vítima de uma assalto. O ex-ator estava a caminho do Rio de Janeiro, onde gravaria o último capítulo da trama, quando foi baleado na cabeça. O projétil atravessou o lado esquerdo de seu crânio, alojando-se na nuca, o que o levou a uma cadeira de rodas.

Desde então, Gerson apresenta dificuldades na fala e jamais voltou a atuar. Dois anos após a tragédia, Brenner conheceu a psicóloga Martha Mendonça, e o casal permanece junto até os dias de hoje. Martha seria a responsável por cuidar do ex-ator 24 horas por dia. À época, a esposa do ex-ator afirmou que ele seria um guerreiro, pois enfrentou todas as etapas de sua recuperação com louvor, surpreendendo até mesmo os médicos.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!