Um show realizado pela rainha da sofrência Maria Mendonça em Belo Horizonte, na noite desta segunda-feira, 7 de outubro, não acabou da melhor forma possível e foi cercado de confusão, arrastão, empurra-empurra e violência. O show faz parte do projeto "Todos os Cantos", no qual a artista realiza apresentações gratuitas e gravações dos shows nas principais capitais do país.

Segundo a Polícia Militar, o show terminou com 46 boletins de ocorrências registrados, além de 14 pessoas presas, 5 por estarem liderando arrastões no local e outros por tráfico de droga.

Além disso, houve duas vítimas de esfaqueamento, uma antes do show, que seria moradora de rua, e outra após o show, durante uma tentativa de roubo.

Além da confusão, foram levantados danos que ocorreram na praça, que foi reformada recentemente pela prefeitura. Segundo o major Fávio Santiago, todos os problemas serão repassados para um relatório e encaminhados ao Ministério Público para que as devidas providências sejam tomadas contra a organização do evento.

Segundo os mesmos, a equipe organizadora negou informações e não disse que a própria artista estaria no evento. A estimativa de público repassada foi de 15 mil pessoas, mas segundo a PM, mais de 50 mil pessoas estiveram no local do evento. A equipe de Marília Mendonça e a empresa responsável por organizar o show lançaram notas lamentando o ocorrido.

Marília lamenta ocorrido

Em nota, Marília disse que o projeto tem o objetivo de realizar uma surpresa aos fãs da cantora, que chega e realiza um show gratuito em um lugar organizado pela produção do evento.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Ainda segundo a nota, a surpresa é para o público e o show é anunciado em suas redes sociais horas antes do evento, mas que são solicitadas todas as autorizações às autoridades competentes antes do evento acontecer.

Ainda segundo a nota, é realizada uma previsão de público para todos os lugares em que vai apresentar e essa previsão pode ser maior ou menor de acordo com a cidade em que será a apresentação.

De acordo com a mesma, a equipe organizadora seguiu a orientação da autoridade local e contratou mais de 100 profissionais de segurança privada para ajudar a polícia e a guarda municipal na hora do show.

A rainha da sofrência lamentou o ocorrido e disse que o evento é uma forma de dar uma retribuição aos seus fãs, oferecendo uma apresentação gratuita. Ela lembra que, infelizmente, esse tipo de confusão tem ocorrido rotineiramente em festas pagas ou não pagas no Brasil inteiro.

A empresa que organizou o evento disse que seguiu todas as orientações das autoridades para a realização do show e que fizeram uma estimativa de público baseada na apresentação que ocorreu em outras 15 capitais brasileiras. Eles lamentaram o ocorrido e disseram que estão à disposição das autoridades para qualquer informação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo