A atriz Deborah Evelyn revelou, em entrevista ao site Notícias da TV, que sente medo lembrando das cenas em que Cássia (Mel Maia), a filha de sua personagem em "A Dona do Pedaço", sofreu assédio de um pedófilo.

De acordo com a atriz, o principal motivo para esse pavor está ligado a sua própria filha, Luiza Carvalho, visto que ela temia que a jovem sofresse com isso em sua adolescência.

Para a atriz, uma situação como essa desperta medo visto que, por vezes, nem mesmo adultos conseguem ter certeza sobre mentiras contadas na internet, de modo que seria ainda mais complexo para um adolescente fazer essa distinção.

Sobre a melhor maneira de lidar com esse assunto, Deborah aponta que o diálogo seria a única via para se evitar situações como as que foram ao ar no capítulo da última quinta-feira (7), em "A Dona do Pedaço".

Na cena descrita, Cássia e seu grupo de amigos se colocam em risco para conseguir confrontar Lauro (Ricardo Monastero), o pedófilo que lhe enganou.

A situação vai tão longe que a filha fictícia de Deborah chega a colocar Alba (Catarina de Carvalho) em risco, usando a garota como isca para atrair o criminoso até o shopping e conseguir fazer com que ele pague por ter enganado Cássia.

Toda a armação do grupo de adolescentes não poderia ter dado mais errado, visto que Lauro consegue fugir e ao ser perseguido por Merlin (Cadu Libonati), faz o garoto de refém, libertando-o somente após um confronto com Leandro (Guilherme Leicam), que terminou com os dois gravemente feridos.

Assim, para Deborah Evelyn, proibir que um jovem utilize a internet não dá resultados positivos e funciona apenas para deixá-los mais curiosos, fazendo com que procurem meios de usar recursos de terceiros para saber “o que estão perdendo”.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Novelas

Abrindo o jogo

Devido a esses fatores, a intérprete de Lyris destacou que sempre fez questão de conversar bastante com a filha, mas sem se colocar na posição de amiga e sim conservando o seu posto de mãe e se fazendo presente na vida de Luíza.

Ainda sobre o assunto, Deborah comentou que sempre conversou com a jovem a respeito da sexualidade e também de outros fatores de riscos para adolescentes, como a anorexia, visto que durante uma preparação para um papel, a atriz descobriu a existência de sites que ensinam as garotas a serem anoréxicas e passarem despercebidas pelos pais.

Caso você não esteja lembrado, o papel ao qual a atriz faz referência é Anna, de "Páginas da Vida". Na trama, Deborah interpretava uma mulher que nutria obsessão por dietas, chegando até mesmo a obrigar a filha a emagrecer.

Assim, Giselle (Pérola Faria), a garota, comia doces escondida e depois vomitava-os. Devido a isso, Giselle desenvolveu bulimia ao longo da trama de Páginas da Vida.

Deborah Evelyn ainda pontuou que as Novelas podem possuir uma maneira bastante eficaz de falar sobre assuntos como esses e destacou a habilidade de Walcyr Carrasco, autor de "A Dona do Pedaço", para falar a respeito de temas importantes com uma abordagem que não se torna chata para os jovens.

Por fim, a atriz ainda pontuou a importância de que tais assuntos sejam conversados para causar reflexão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo