O avião trazendo o caixão com o corpo do comunicador Antônio Augusto Moraes Liberato, o Gugu, deverá decolar do Orlando Airport International (MCO), nos Estados Unidos, por voltas das 19h15 dessa quarta-feira (27). A chegada do voo AD8707, da empresa Azul Linhas Aéreas Brasileiras, ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, está prevista para as 6h30 desta quinta-feira (28). Em São Paulo, o caixão deverá ser velado na Assembleia Legislativa (Alesp).

Inicialmente, apenas a família de Gugu, que virá no mesmo voo, velará o corpo do apresentador. Por volta do meio-dia, os fãs terão acesso ao salão e também poderão se despedir do seu ídolo.

O corpo de Gugu Liberato, que até então apresentava na Record TV o reality show “Canta Comigo”, tem previsão de sepultamento para esta sexta-feira (29), no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, ainda sem horário definido. Neste local, encontra-se o jazigo da família, onde o pai de Gugu, Augusto Claudino, está enterrado.

Retirada dos órgãos

Segundo o portal G1, a cirurgia para retirada dos órgãos doados pela família, atendendo à vontade de Gugu, ocorreu dia 24 de novembro, dia em que a família do apresentador divulgou uma carta. No dia 25 de novembro o corpo foi liberado pelo instituto dos Estados Unidos, responsável por laudos e necrópsias. Como parte das providências para a cerimônia fúnebre a funerária contratada para execução do serviço poderia retirar o corpo nas horas seguintes.

Aos 60 anos, Gugu Liberato teve morte encefálica, depois que levou um tombo de quatro metros de altura, em sua casa, batendo a cabeça. O fato ocorreu na quarta-feira (20), quando o comunicador consertava um equipamento de ar-condicionado. Exames preliminares apontaram a existência de sangramento intracraniano.

O cantor do hit "O Pintinho Amarelinho" e criador do quadro "Táxi do Gugu", no SBT, foi levado para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Orlando Health Medical Center para cuidados e exames preliminares.

A morte cerebral deste artista muito amado no Brasil foi atestada pelo médico da família, o neurocirurgião Guilherme Lepski.

Atendendo à solicitação de Augusto Liberato, a família autorizou a doação de seus órgãos. Na casa onde ocorreu o acidente moram a esposa do apresentador, Rose Miriam Di Matteo, o filho João Augusto, de 18 anos, e as filhas gêmeas Marina e Sophia, de 15 anos.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!