Gugu Liberato morreu no último dia 22, vítima de um acidente doméstico em sua casa de Orlando, nos Estados Unidos. Depois de confirmada a morte do famoso apresentador, Rose Miriam Di Matteo, esposa do famoso, falou pela primeira vez sobre o acidente e contou detalhes de como tudo aconteceu.

As declarações feitas pela viúva foram divulgadas por Geraldo Luís em seu programa "Domingo Show". Geraldo conta que a esposa do apresentador disse que só consegue lembrar da hora que ouviu o barulho do marido caindo no chão. "Ele subiu ao sótão", contou ela, que completou dizendo que de repente só se ouviu o barulho.

"Só consigo lembrar da hora do barulho", disse. Rose Miriam foi a primeira pessoa a ver Gugu Liberato no chão. Vale ressaltar que Rose é médica, e, desta forma, estava apta a prestar os primeiros socorros a seu marido.

Logo em seguida, chegaram ao local os três filhos do apresentador. Neste momento, Miriam contou que pensou em levar o amado para o hospital usando seu carro, mas conta que depois de pensar tentou ser mais racional, chamando assim uma ambulância, que teria chegado em cinco minutos.

Geraldo Luís disse ainda que Rose está bastante abalada com os acontecimentos, e que ela agradece o carinho de todos os fãs do apresentador neste momento difícil. “Está comovida com tanto apoio”, disse o apresentador.

Rose Miriam ainda questionou sobre a construção do sótão de sua casa: “como constroem um sótão dessa maneira?”.

Família lê carta de Gugu

Gugu Liberato tinha o desejo de doar seus órgãos após sua morte, e assim será feito por sua família. Contudo, antes de darem início a todo o processo de doação, a família do apresentador decidiu ler uma carta escrita pelo próprio Gugu em frente a ele.

No hospital Orlando Health, onde o apresentador brasileiro estava internado, a família do apresentador leu sua carta. Na carta, dizia que Gugu viveu sua jornada na Terra seguindo todos os ensinamentos que recebeu de seus pais, Augusto e Maria do Céu, e que foi com eles que aprendeu a importância de olhar para o próximo “com amor e fraternidade”.

E nesta carta, também cita o desejo de Gugu em doar os órgãos.

Na carta, diz que Gugu Liberato agora (após sua morte), irá seguir adiante por um caminho que o levará mais próximo de Deus, e neste momento ele quer praticar os ensinamentos de Jesus, e que assim como Jesus compartilhou o pão com os seus, ele desejaria compartilhar seu corpo “com aqueles que necessitam de uma nova oportunidade de viver”.

Na carta, há os agradecimentos aos familiares por realizarem a sua vontade. “Que eu seja um instrumento de amor, oportunidade e de Luz. Gugu”, encerrou a carta.

A cirurgia de retirada de órgãos durou cerca de seis horas e teve fim na madrugada do último domingo (24). Os órgãos doados por Gugu devem ajudar cerca de 50 pessoas, segundo a família do apresentador.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!