O cantor Clayton Lemos, que faz dupla sertaneja com Romário, compareceu a uma delegacia de polícia para registrar um Boletim de Ocorrência contra o astro sertanejo Eduardo Costa. Nesse novo capítulo envolvendo ambos, o ex-afilhado e ex-amigo do músico disse em seu depoimento que está sofrendo supostas ameaças de Eduardo pelo fato de ter acontecido um caso dele com Victória Villarin, e ele ter descoberto o romance. As informações são do colunista Leo Dias, do portal UOL.

Como tudo começou

Ele era uma pessoa que estava sempre por perto, ia constantemente à casa de Eduardo, que foi padrinho da dupla, chegando até a emprestar dinheiro para cobrir despesas deles em shows, essa era a relação dele com Eduardo.

Quando ficou desconfiado?

O cantor do sucesso "Sapequinha" sabia que Clayton e Victória não eram de conversar, porém, estranhou quando ela começou a frequentar festas familiares na casa do rapaz. Assim ele colocou um "amigo detetive" atrás do casal, podendo assim ter a certeza do relacionamento que estava ocorrendo entre ambos. Porém, o astro preferiu não contar para ninguém e manteve em segredo, esperando que o próprio parceiro de Romário contasse sobre seu relacionamento.

Sentimento foi de traição

O sentimento de traição de Eduardo não ocorreu por todo dinheiro que gastou com a dupla, pois isso é retratado como investimento, e sim pelo fato de se ter uma amizade e que alguém muito próximo faça o que ele fez.

Sobre Victória Villarin, ela que irá perder e muito, pois ganha uma mesada mensal de R$ 10 mil e ganhou de presente um carrão no valor de R$ 400 mil.

Contudo, essas regalias estão com os dias contados, já que Eduardo Costa irá manter esse dinheiro mensal para a ex-noiva somente até o mês de março de 2020, sem qualquer chance de prolongamento.

O astro finaliza lamentando o fato de não saber as reais intenções de uma pessoa que ele considerava um amigo muito próximo.

Respondendo a um seguidor

Eduardo Costa respondeu a um de seus seguidores em uma rede social que lhe questionou se o cantor já tinha traído algumas de suas namoradas. Sua resposta foi positiva, mas carregada de indiretas.

Ele afirmou que já traiu sim, mas nunca a um amigo que era considerado "de casa" e que quando mais estava precisando, ele o ajudou. "A pior traição é a de um amigo", disse Eduardo.

Nota de assessoria de imprensa

A assessoria de imprensa do cantor afirmou que Eduardo tinha ficado ressentido com o ex-amigo e cantor Clayton Lemos. Sobre Victória Villarin, seus assessores deixaram bem claro que nunca houve traição por parte dela enquanto estava se relacionando com o astro sertanejo.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!