Um dia após completar 89 anos, o empresário e apresentador Silvio Santos foi um dos assuntos na pauta de reunião da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP). O deputado do PSOL, Jesus dos Santos, 35 anos, entrou com uma representação contra ele no Ministério Público por racismo na última sexta-feira (13).

O deputado do PSOL faz parte da bancada ativista que é composta por nove militantes políticos de várias áreas e que dividem o mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo.

O que levou o político a entrar com a representação no Ministério Público contra Silvio Santos por racismo foi o episódio envolvendo duas participantes do quadro "Quem Você Tira" que foi ao ar em seu programa no dia 8 de dezembro.

Segundo o parlamentar, a participante Jennyfer Oliver teria sido escolhida pelo auditório como a melhor intérprete da música "Caneta Azul", fato que de acordo com ele, foi ignorado por Silvio Santos que decidiu escolher a concorrente Juliani, que nas palavras do dono do SBT era a mais "bonita".

Jennyfer era a única participante negra no grupo composto por quatro calouras, o que de acordo com o resultado, levou o deputado do PSOL a interpretar a decisão de Silvio Santos como uma atitude de racismo.

Segundo Santos, quando um apresentador que também é proprietário de um canal que é uma concessão pública leva adiante "piadas" racistas, torna-se um problema que precisa ser reparado legalmente. "O crime de racismo é bem nítido", disse o deputado Jesus dos Santos acrescentando que qualquer tipo de ato racista precisa ser contido.

A decisão de entrar com uma representação contra Silvio Santos no Ministério Público aconteceu após a realização de uma audiência pública na Assembléia Legislativa que contou também com a presença de outros parlamentares como a deputada Leci Brandão, 75 anos (PC do B) e Luiz Fernando Teixeira, 57 anos (PT).

Agora o Ministério Público deverá apurar todos os fatos e, caso entenda que houve racismo, poderá processar o apresentador Silvio Santos.

O deputado afirmou que o comportamento do empresário é inadmissível e que está tentando falar com Jennyfer, mas ainda não conseguiu nenhum contato com ela.

Para ele, a caloura não conseguirá lutar em pé de igualdade com o dono do SBT, porque ela se encontra em um lugar desprivilegiado enquanto ele tem muito dinheiro.

Santos disse que é seu dever como parlamentar zelar pela constituição ao defender Jennyfer nesse episódio que ele considera de racismo.

Dias difíceis para Silvio Santos

Os últimos dias não foram fáceis para o apresentador Silvio Santos, que antes de seu aniversário de 89 anos foi surpreendido com a morte de seu amigo e ex-contratado Gugu Liberato, ocorrido nos Estados Unidos.

Após o episódio ele cancelou todas as gravações e ficou recluso por mais de uma semana sem aparecer em público. O empresário também não foi ao velório de Gugu, mas alguns dias depois ligou para mãe do ex-apresentador do "Domingo Legal" dizendo estar muito triste pela morte do amigo.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Santos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!