Lutando contra um câncer na Mandíbula, Asa Branca precisou ser internado em um hospital na zona sul de São Paulo na madrugada do último dia 27. Segundo Sandra Santos, o marido estaria sendo maltratado por enfermeiros e amarrado ao leito hospitalar. A denúncia feita pela esposa do locutor foi noticiada no site da revista Quem, que divulgou entrevista com a companheira do artista. Sandra também usou as redes sociais para expor o caso e exibiu vídeo relatando o estado de Asa Branca no hospital.

A denúncia da mulher de Asa Branca

Em desabafo à Quem, Sandra fez questão de denunciar o hospital em que Asa Branca precisou ser internado e contou que a situação do marido seria humilhante.

Segundo a esposa, uma paciente ainda teria a relatado que o locutor teria levado um "safanão" de um enfermeiro. "Está todo machucado", afirmou Sandra.

Sandra contou que ao chegar com marido ao hospital teria relatado aos enfermeiros que Asa estaria sofrendo confusão mental e que por esse motivo poderia acabar retirando as sondas, sendo assim, a esposa teria pedido que o locutor fosse sedado. Porém, como Sandra contou à Quem, logo que retornou ao hospital no dia seguinte teria encontrado o artista amarrado a cama e com machucados pelo corpo.

A esposa de Asa Branca relatou que ficou revoltada ao se deparar com a situação do marido amarrado e que ainda teria ouvido de uma paciente que o locutor teria sofrido agressões físicas.

Sandra conta que tentou entender o que havia acontecido, mas teria sido recebida com grosseria.

"Ele está com dor, está confuso e os enfermeiros estão batendo nele", reforçou Sandra, afirmando não saber o que fazer.

Em nota, a direção do Hospital Municipal Vereador José Storopolli afirma que não houve agressão a Asa Branca.

Desabado nas redes sociais

Além de conceder entrevista ao portal do grupo Globo, Sandra usou as redes sociais de Asa Branca para denunciar o hospital. Através de publicação no Instagram, foi emitido uma nota, na madrugada do último sábado (28), que diz que a esposa do locutor teria pedido que o Hospital Municipal Vereador José Storopolli assinasse a alta do artista "devido as inaceitáveis agressões sofridas", mas havia recebido uma negativa.

Ainda segundo o comunicado, o hospital teria informado que Asa Branca só deixaria o local "sem autorização alguma, assim sendo considerado como evasão". A nota finaliza dizendo que a unidade médica estaria então tentando transferir a responsabilidade para a esposa Sandra.

Junto com o comunicado foi postado um vídeo em que Sandra aparece ao lado do leito de Asa Branca, afirmando que o marido estaria com medo que ela saísse de seu lado por conta das agressões que já teria sofrido.

Segundo a Quem, Sandra segue ao lado de Asa Branca em tempo integral no hospital e tenta a transferir o artista para o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!