Nesta última quinta-feira (19), Aparecida Liberato, irmã do apresentador Gugu Liberato enviou um comunicado para a imprensa para esclarecer a respeito de detalhes do testamento que foi deixado pelo apresentador, que morreu no último dia 22 de novembro, nos Estados Unidos. No texto divulgado pela irmã do apresentador, ela aponta que Gugu havia feito um testamento a respeito de seus bens, e que o documento em questão foi realizado quando ele ainda tinha plenas capacidades físicas e mentais para tal. O documento em questão inclusive já foi reconhecido e assinado por seus familiares, inclusive a viúva do apresentador, Rose Miriam Di Matteo.

No comunicado, Aparecida esclarece que Gugu deixou quase que totalmente os seus bens para os seus três filhos, João Augusto, Marina e Sofia. No entanto, os familiares da viúva do apresentador aconselhou que Rose Miriam procurasse por um time de advogados que fazem parte da Nelson Wilians & Advogados Associados, logo após ter sido feito o reconhecimento do testamento.

A respeito dos novos advogados contratados, Aparecida esclarece que para que não fossem ocasionados problemas que poderiam levar até mesmo a uma disputa judicial entre mãe e filhos, Rose Miriam optou por redigir e enviar uma carta feita por ela mesma para que fosse revogada a contratação deste segundo advogado para poder acompanhar o caso a respeito do testamento do apresentador.

Dito isso, a irmã do apresentador ainda alega que o mau aconselhamento pela qual a viúva de Gugu passou foi proveniente da indução de terceiros que não serão beneficiados com o testamento em questão. Ainda foi exposto que estes terceiros em questão estariam usando de má-fé para criar problemas com estes novos advogados contratados, e com isso estariam obstruindo a vontade de Gugu, que foi determinada ao deixar o testamento especificado com suas vontades.

Assédios sofridos

Através do comunicado também foi exposto que desde que aconteceu a fatalidade que acabou culminando na morte do apresentador Gugu Liberato, a viúva Rose Miriam passou a sofrer com o assédio de vários advogados que a procuravam constantemente, fato esse que aconteceu tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil.

Estes advogados que procuraram por Rose Miriam, no entanto, deixavam ocultada a informação de que caso ela optasse por contestar o testamento deixado pelo apresentador, ela estaria entrando em uma disputa judicial contra seus próprios filhos, que foram reconhecidos como herdeiros de Gugu no testamento.

No testamento, Gugu nomeou sua irmã Aparecida Liberato como inventariante e curadora legal de suas filhas menores de idade, Marina e Sofia. As informações a respeito de como ocorreu a partilha declarada pelo apresentador no documento em questão foram dadas pela assessora de imprensa Esther Rocha, e o comunicado foi enviado para a imprensa nesta última quinta-feira (19).

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!