O ano de 2019 vai chegando ao fim e muitos foram os Famosos que morreram durante os últimos meses. Muitos artistas partiram de forma trágica, deixando um vazio e tristeza nos fãs e seguidores. No último domingo, 29 de dezembro, faleceu o eterno Pop da Selva, Arlindo Junior, aos 51 anos. O cantor, que era entoador do Boi Bumbá Caprichoso, deixou um grande legado para a festa folclórica de Parintins, na Amazônia.

Arlindo começou sua carreira artística aos 18 anos nas noites de Manaus e depois em Parintins, sendo convidado para entoar toadas e apresentar o Boi Bumbá Caprichoso. Assim que passou a participar da festa folclórica em Parintins, defendendo o Boi Caprichoso, ele ficou conhecido no Brasil e no mundo como o Pop da Selva por inserir nas toadas elementos e instrumentos da música pop.

Arlindo tinha a admiração não somente do lado do Caprichoso, como também dos participantes do Boi Garantido.

O cantor, que vinha lutando contra um câncer desde o ano de 2016, foi internado na última sexta-feira (26), no Hospital Samel, e acabou não resistindo, vindo a óbito no domingo. Arlindo, que é um dos maiores nomes da festa famosa no Amazonas, descobriu a doença maligna nos pulmões, mas depois, ela se espalhou atingindo os seus ossos e o cérebro. O cantor fazia acompanhamento na cidade de São Paulo e também em Manaus.

Carreira

O cantor não deixou de se apresentar na festa de Parintins, mesmo depois que descobriu a doença há alguns anos. Neste ano de 2019, Arlindo se apresentou se despedindo do Bumbódromo de Parintins, entoando a canção "Pesadelo dos Navegantes".

O cantor também entrou na vida política no Amazonas, exercendo mandato de vereador.

No dia 18 de outubro, Arlindo divulgou um vídeo em sua rede social informando aos seguidores que o câncer havia surgido em seu cérebro e que estava em São Paulo para mostrar os exames aos médicos. Ele disse que estava começando uma nova guerra, mas que ia vencer mais essa.

Arlindo disse que estava bem e com a força de Deus e dos amigos.

No dia 5 de novembro, ele postou uma imagem realizando um tratamento de radiocirurgia na cabeça. Ele informou que aquela era a última seção do tratamento e era um procedimento difícil, pois tinha que ficar uma hora e meia na mesma posição.

Ele disse que Deus era maravilhoso e tinha dado a ele tranquilidade e equilíbrio para aguentar e fazer o tratamento. Ele disse que continuaria a luta, mas sempre com Deus à frente e com as boas vibrações de todos.

Nesta terça-feira, último dia de 2019, uma grande perda ocorreu no meio sertanejo. Faleceu durante essa madrugada o cantor Juliano Cezar, famoso pela canção "Não Aprendi Dizer Adeus". O cantor estava se apresentando em uma cidade do interior paranaense quando sofreu um infarto no palco e não resistiu, vindo a óbito.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!