Nos dias de hoje, depois do grande sucesso que a novela juvenil "Rebelde" fez em todo o mundo, fica impossível imaginar a trama sem um de seus atores principais. Anahi, Alfonso Herrera, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria e Maite Perroni certamente foram essenciais para que a novela virasse todo todo esse fenômeno. No entanto, saiba que isso quase aconteceu, e quem revelou esse fato foi a atriz Anahi, que interpretou a personagem Mia Colucci na trama de 2004.

Atualmente fora dos palcos e da TV por conta de seu filho e também de sua segunda gravidez, Anahi mantém um podcast semanal na internet onde grava programas com alguns convidados.

Em "Están Ahi", nome do podcast na cantora, ela revelou que não era a primeira opção da Televisa para o papel da patricinha mimada na trama: "A empresa se negava", disse Anahi.

"Agora eu finalmente posso dizer, por que já não trabalho lá mais, eles se negavam. Diziam: 'essa não, vamos fazer casting com as outras'", revelou.

"O casting de 'Rebelde' foi um casting muito exaustivo. A personagem que eles mais buscavam era a Mia, e eles testaram todas as atrizes da América Latina, do México, cantoras. Quando não havia outra Mia, Pedro (Damián) disse: 'não temos outra Mia que não seja Anahi'. E então eu fui a última a fazer o teste", contou a cantora.

No episódio do podcast em questão, lançado na última semana, o convidado especial de Anahi foi seu companheiro de "Rebelde" e RBD, Christian Chavez, que entrou na conversa: "Todo mundo que vocês podem imaginar passou por esse casting e ninguém teve o carisma que Anahi teve para fazer o papel", contou.

Possível volta do RBD

Recentemente, o site PopLine divulgou uma entrevista feita com Pedro Damian, produtor do RBD. Entre os assuntos abordados, é claro, estava um possível reencontro da banda.

Na oportunidade, Damian revelou que a possibilidade existe, e que ele está negociando com um grupo de empresários brasileiros a possibilidade de realizar quatro shows no Brasil.

Porém, como para isso se tornar realidade não depende apenas dele, Pedro tratou de acalmar os fãs e disse que ainda precisa conversar com os integrantes da banda e conciliar suas agendas.

Na entrevista, outros assuntos também foram abordados, como a não disponibilização das músicas da banda em plataformas digitais, como o Spotify.

Sobre isso, Damian destacou que ele não possui os direitos sobre as músicas, e que por isso esta não é uma decisão que dependa apenas dele.

Sobre o aguardado documentário da banda, ele revelou que está aguardando parcerias ou empresas dispostas a arcar com os custos da produção, ou empresários que apoiem o projeto, o que até agora não aconteceu.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!