Para a alegria dos participantes do BBB Big Brother Brasil, o Big Fone finalmente tocou e quem o atendesse teria a chance de indicar alguém para o paredão. Pyong Lee estava correndo para atender o telefone, e Petrix na corrida para atender, empurrou Pyong, de acordo com a opinião dos internautas, que pedem a expulsão do ginasta pela terceira vez em menos de uma semana no BBB.

"BBB" e Big Fone

O Big Fone possibilitou que o ginasta indicasse alguém ao paredão - para disputar com o mesmo, que já esta temporariamente no paredão, até que a prova de 'Bate e Volta' aconteça e saibamos por quem a disputa será composta.

O atleta indicou Pyong, com quem disputa desde o início do reality, e que quando era líder, inclusive tentou indicar o Youtuber, que voltou pela casa. Já Petrix já está no paredão, pois o hipnotista o indicou na quinta-feira (30), quando ganhou o poder após a prova do líder.

Os internautas estão pedindo para a Globo que verifiquem a conduta do participante, e o assunto se tornou um dos mais comentados no Twitter, tanto que os pedidos por "justiça" a Pyong tomaram a web. A Globoplay, streaming da Globo, fez uma postagem brincando com o assunto em suas redes sociais, porém, com a repercussão negativa do suposto "empurrão", apagou.

De acordo com o apresentador Tiago Leifert, faltam mais dois nomes para compor o paredão da edição, que serão formados a partir dos votos da casa, e do voto do Líder, que acontecerão neste domingo (2). Após a indicação e todo o ocorrido, já que a web aponta que o Youtuber teria se machucado com a queda, Petrix foi conversar com Pyong, e pediu que o confinado não o levasse "a mal".

Na conversa, Petrix justificou que o dele e o de Pyong já estava "resolvido", e que não teria o que fazer.

O brother ainda ressaltou que eles não tem controle de nada lá dentro, e que a única ameaça que o ginasta poderia ter lá dentro seria ir com o Youtuber, e que embora tenha acontecido, Petrix não ficou feliz.

Mesmo com a explicação, os internautas estão acusando a Globo e o BBB de "passar pano" (minimizar acontecimentos) para Petrix ao longo de todo o game - citando também casos anteriores que o ginasta foi acusado de assédio, com Bianca Andrade e Flayslane.

"BBB" e famosos

A repercussão foi tanta, que até mesmo Famosos se manifestaram sobre o acontecido, repudiando a suposta agressão. O apresentador Celso Portiolli compartilhou a sua opinião, e disse que pelo vídeo do twitter, parecia que o rapaz o teria empurrado, e completou: "olhando de perto, parece que tá longe". O apresentador ainda brincou que "quase mataram meu amigo Pyong", e ainda completou que o youtuber deveria sair dali e ir para o programa do apresentador do SBT, o "Passa ou Repassa”.

O episódio está sendo comparado a outros momentos similares em edições passadas, que, inclusive, foram as responsáveis pro levarem alguns participantes a expulsão.

Foi o caso de duas favoritas do programa, por exemplo: Hariany, queridinha da edição anterior e uma das favoritas a levar o prêmio, a participante deixou o programa alguns dias antes da final por ter empurrado Paula no "BBB 19", e Ana Paula Renault - também adorada pelo público - foi desclassificada por bater em Renan no "BBB 16".

Felipe Neto, que já havia se pronunciado sobre os comentários tachados como machistas pelo público de grande parte do elenco masculino da edição, em especial Petrix, Felipe e Hadson, também comentou a suposta agressão de Petrix contra Pyong.

Em seu Twitter, Felipe disse que a Globo estaria derrubando as postagens que o Youtuber estava fazendo e postando os vídeos da suposta agressão, criticando a postura da emissora:

BBB e acusações de "passar pano"

E muitos internautas acusaram a emissora de estar "passando pano" novamente a Petrix:

Não perca a nossa página no Facebook!