Na novela 'Éramos Seis' nesta semana Tião, Lúcio e Alfredo são atacados pela polícia durante manifestação. Inês chama Carlos para viajarem escondidos. A polícia atira em manifestantes e acaba acertando a bala em Carlos. Almeida vai até casa de Lola acompanhado de Gusmões. Carlos não resiste ao tiro e morre. Lola descobre que seu filho que morreu fez um seguro de vida em seu nome.

Segunda-feira (03/02)

Clotilde disfarça diante da esposa de Almeida, ele garante à Mulher que não quer saber de Clotilde. Inês aprecia coragem de Alfredo. Felício e Isabel tem uma briga. Emília se incomoda quando sua filha caçula pede para ver foto de Hamilton.

Isabel se irrita com seu irmão Carlos. Julinho e Assad vão à um salão de jogos.

Shirley se incomoda quando Afonso ajuda Lola. Carlos repreende Isabel após Felício pedir perdão a ela. Isabel conta para sua mãe que namora um homem casado. A polícia ataca Tião, Lúcio, Alfredo e outros manifestantes.

Terça-feira (04/02)

Tião, Lúcio e Alfredo fogem da polícia. Lola e Isabel discutem. Afonso diz para Shirley que ele não deve satisfação sobre a vida dele. Clotilde acalma Isabel e diz que ela não deixará Felício. Lúcio sofre perigo e Genu fica desesperado. Lola não quer conhecer Felício, Isabel e Carlos brigam.

Clotilde adverte família por não aceitarem o amor de Isabel e Felício. Alfredo tem conversa franca com Carlos.

Clotilde instiga Isabel a lutar pelo seu amor. Afonso impõe a saída de Shirley da sua casa. Alfredo e Adelaide se beijam. Inês chama Carlos para viajarem escondidos.

Quarta-feira (05/02)

Carlos acata convite de Inês. Por causa das manifestações políticas, Genu se preocupa com família. Clotilde não consegue falar com Inês sobre sua gravidez.

Felício e Isabel se encontram. Marcelo consegue persuadir Carlos a conversar com Felício. Lúcio, Virgulino, Tião e Nero seguem em direção das manifestações.

Lola fica preocupada com Alfredo. Isabel garante a mãe que não desistirá de Felício. Inês se prepara para viajar com Carlos. Lola fica com um mau pressentimento.

Policia atira em manifestantes e acaba acertando bala em Carlos.

Quinta-feira (06/02)

Carlos é levado ao hospital. Inês acha que Carlos desistiu de viajar. Adelaide conta para Gusmões que sabe de onde vieram os tiros contra os manifestantes. Julinho escuta notícias da manifestação e fica receado com a vida de Alfredo. Sem saber que era Carlos, o médico conta para Gusmões que o estado dele é grave.

Marcelo procura Carlos na casa de Lola. Marcelo, Isabel e Alfredo se preocupam sem saberem o paradeiro de Carlos. Inês fica preocupada sem notícias de seu namorado Carlos. Almeida é alertado por Gusmões após ele achar os documentos de Carlos. Alfredo reconhece seu irmão Carlos no hospital. Almeida vai até casa de Lola acompanhado de Gusmões.

Sexta-feira (07/02)

Lola vai até o hospital atrás de seu filho. Alfredo fica inquieto com o estado de Carlos. Inês fica com um mau pressentimento. Afonso acalma sua filha. Lola pede para Alfredo falar com Julinho e Inês sobre estado de saúde de seu irmão. Carlos se despede de Isabel, Alfredo e Lola, e pede que o irmão Alfredo prometa cuidar da sua família. Inês vai ao hospital. Carlos não resiste ao tiro e morre.

Sábado (08/02)

Lola fica inconsolada com a morte do filho e Afonso se culpa com seu estado.Todos da família sofrem pela perda de Carlos. Adelaide fica interessada quando Justina tem uma lembrança do pai. Justina é obrigada pela mãe a tomar remédios. Inês conta a Afonso que se sente uma viúva.

Julinho chega para o velório de seu irmão.

Clotilde conta a Durvalina sobre suas questões de gravidez secreta. Virgulino fala com Afonso que teme a instalação de um regime ditatorial no Brasil. Higino ouve conversa de Emília e Gusmões sobre Justina. Isabel é procurada por Felício. Lola descobre que seu filho que morreu fez um seguro de vida em seu nome.

Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!