O comentário de Jair Bolsonaro sobre a repórter Patrícia Campos Mello, da Folha de S.Paulo, tem repercutido negativamente entre jornalistas e entre pessoas famosas. Entre esses destaca-se o apresentador Luciano Huck, que comentou sobre o ocorrido ainda na última terça-feira (18).

Ao se posicionar sobre a fala de Jair Bolsonaro, Huck afirmou que considerou “triste e revoltante” a postura do presidente da República. Ainda de acordo com Luciano Huck, ao falar dessa forma sobre a jornalista, Bolsonaro conseguiu ultrapassar as “fronteiras da decência”, além de “atiçar a violência contra as mulheres”.

Luciano Huck pode ser candidato

É possível afirmar que, atualmente, Luciano Huck é encarado como um dos possíveis candidatos à presidência da República na corrida eleitoral de 2022. Assim, o apresentador tem evitado dar declarações de cunho político agora. De acordo com ele, para além da possível candidatura, o motivo para também não estar fazendo declarações desse tipo se deve ao fato de que ele está “torcendo pelo Brasil”.

Luciano Huck afirma que não deseja causar intrigas

Luciano Huck ainda pontuou que não deseja alimentar intrigas e fofocas. Entretanto, quando o presidente da República diz algo dessa natureza, é impossível não comentar por se tratar de algo que causa revolta e tristeza.

Ainda comentando o ocorrido, o apresentador da Globo destacou que o respeito deve ser o pilar de qualquer tipo de sociedade e um dos pilares da democracia.

Dessa forma, para Huck, qualquer tipo de incentivo à violência contra as mulheres ou de ataque ao jornalismo, independente da forma como ele se manifeste, é um desserviço à sociedade.

Por fim, o apresentador fez questão de manifestar o seu apoio à repórter que foi atacada por Jair Bolsonaro.

Entenda o caso polêmico

Durante uma entrevista, concedida do lado de fora do Palácio da Alvorada, Jair Bolsonaro ofendeu a repórter Patrícia Campo de Mello ao afirmar que ela queria “um furo”. Após fazer essa afirmação, o presidente da República fez uma pausa em sua fala e afirmou que ela queria “dar o furo” a qualquer custo.

Se mostra válido pontuar que a entrevista em questão foi concedida a um grupo de apoiadores do governo de Bolsonaro. A fala em questão provocou risos dos que estavam presentes na ocasião.

Sobre a reportagem publicada pela Folha de S.Paulo, é possível afirmar que se tratava do depoimento de um ex-funcionário de uma agência que faz diversas mensagens em massa por meio de aplicativos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!