A última festa do "Big Brother Brasil 20" ainda vem rendendo polêmicas desde o último sábado (8). O público do programa vem se manifestado nas redes sociais a respeito do comportamento, considerado abusivo, de Pyong Lee durante a festa.

Agora, depois de muitas manifestações de repúdio à atitude cometida pelo participante, a Polícia Civil iniciou uma investigação para poder averiguar se o hipnólogo havia de fato exagerado em suas atitudes com as mulheres do programa a ponto de ter cometido o crime de importunação.

Vale ressaltar que o crime é o mesmo pelo qual Petrix Barbosa foi acusado e precisou prestar contas às autoridades ao sair do programa.

De acordo com o que foi divulgado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, foi feito um registro para apurar os fatos a respeito do caso.

Os telespectadores do programa fizeram uma campanha nas redes sociais ao longo do final de semana pedindo para que Pyong fosse expulso do confinamento. Segundo foi apontado pelo público, as atitudes do hipnólogo ao longo da festa Guerra e Paz indicam assédio e traição, visto que o youtuber tem um relacionamento fora da casa com a influenciadora Sammy Lee, que está grávida de nove meses.

Polêmicas atitudes de Pyong no 'BBB20'

Ao longo da festa Pyong cometeu atos como apalpar as nádegas de Flayslane, sem o consentimento da mesma. Além disso, ele tentou beijar a médica Marcela Mc Gowan por diversas vezes, sendo, inclusive, alertado pela mesma.

Estas foram algumas das situações apontadas pelos telespectadores do programa sobre a situação do hipnólogo na festa. Com isso, as atitudes acabaram sendo associadas ao que foi cometido pelo ginasta Petrix Barbosa.

Pyong deixa prateleira dos queridinhos do 'BBB20'

Desde que Petrix saiu da casa do "BBB20" por suas atitudes no confinamento, Pyong foi um dos que se salvou da situação por ter sempre se mostrado apoiador das mulheres do confinamento, e não ter sequer se associado com o “teste de fidelidade” que foi proposto por Hadson, Felipe e Lucas.

No entanto, com os acontecimentos do final de semana, o hipnólogo acabou entrando na mira do público do programa.

Por mais que ao longo dos dias Pyong tenha se mostrado apoiador da causa das mulheres no confinamento, e ficou do lado delas em todo o processo que gerou a maior confusão dentro do programa, agora ele está sendo “cancelado” pelos internautas por ter cometido algo semelhante ao que foi cometido por um dos cabeça do plano contras as mulheres, principalmente do time dos Convidados.

A hashtag #PyongExpulso foi amplamente divulgada na rede, e muitas pessoas acreditam que pelas atitudes do youtuber ele agora deve ser retirado do confinamento.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!