Na noite do último domingo (9) aconteceu a cerimonia do Oscar 2020, e a atriz Scarlet Johansson apareceu extremamente elegante ao travessar o red carpet do evento. Por mais que seja difícil de acreditar, a atriz ainda não havia recebido nenhuma indicação na premiação até este ano.

Ela não conseguiu nem mesmo pelo seu primeiro grande papel em Hollywood, como Charlotte, de “Encontros e Desencontros”, de 2004. Até então, Scarlet não tinha sido indicada a nada no prêmio anual. Contudo, neste ano, a atriz mostrou que deu a volta por cima e conseguiu duas indicações. Para a premiação ela apostou em um look com brilho e transparência, ao usar um vestido Oscar de la Renta para ir à premiação.

Neste ano, no entanto, Scarlett disputou dois prêmios, como melhor atriz por “História de um Casamento”, e também disputou o prêmio por atriz coadjuvante, pelo filme “Jojo Rabbit”. Com este feito, Johansson passou a ser a 12ª atriz a alcançar este feito na premiação ao longo dos anos em que ela acontece.

Os grandes trabalhos de Scarlett Johansson

Em “História de Um Casamento”, em que Scarlett estava sendo indicada como Melhor Atriz, ela interpretou Nicole, que é uma atriz que está passando por um momento complicado em seu processo de divórcio, que tem sido doloroso para ela e para o seu marido, o diretor teatral Charlie, que foi vivido pelo ator Adam Driver, indicado ao Oscar de Melhor Ator.

O longa-metragem que fez com que Scarlett conquistasse a sua indicação como Melhor Atriz pela primeira vez pode ser encontrado no Netflix.

Além da indicação de Scarlett, o longa também contou com indicação de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha sonora. Adam Driver foi indicado como Melhor Ator pelo filme junto de Scarlett.

Já "Jojo Rabbit", que teve sua estreia em 6 de fevereiro, e contou com a segunda indicação de Johansson, como atriz coadjuvante.

No longa ela atua como a mãe de um menino de 10 anos de idade na Alemanha nazista, que tem como amigo imaginário Adolph Hitler.

"Jojo Rabbit", além da indicação de Scarlett como atriz coadjuvante, também contou com mais indicações, como Melhor Roteiro Adaptado, Direção de Arte, Edição, Figurino e também como Melhor Filme, categoria essa que acabou sendo conquistada pelo filme coreano do diretor Bong Joon Ho, “Parasita”.

Scarlett acabou não levando nenhuma das duas estatuetas em que foi indicada na premiação, isso porque a atriz Laura Dern levou atriz coadjuvante pelo papel que fez em “História de Um Casamento”. E quem levou o prêmio como melhor atriz na noite foi Reneé Zellweger, pelo filme “Judy”.

No entanto, pela primeira vez a atriz foi reconhecida pelos seu talento ao longo dos anos, e recebeu logo de cara em sua primeira menção para a premiação, uma indicação dupla. Por mais que Scarlett não tenha levado nenhuma estatueta para casa, essa foi mais um conquista da atriz, que agora teve seu nome reconhecido pela academia.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!