No último domingo (9), a cerimônia de entrega da 92ª edição do Oscar aconteceu. Na ocasião destacada, vários favoritos aos prêmios principais, como o filme "1917", acabaram vencendo bem menos do que o previsto, e "Parasita", filme sul-coreano de grande sucesso em 2019, consagrou-se como o grande premiado da noite, levando para casa os prêmios de Melhor Roteiro Original, Melhor Diretor, Melhor Filme Internacional e Melhor Filme.

Na outra categoria de roteiro, a que visava premiar os que foram adaptados a partir de obras anteriores, quem se consagrou vencedor foi o diretor Taika Waititi. Além de dirigir e escrever o roteiro de "Jojo Rabbit", filme que contava com 6 indicações ao Oscar, Taika ainda atuou como Hitler, visto que nenhum outro ator quis aceitar o papel.

A categoria que contou com o prêmio para o diretor/roteirista foi anunciada ainda no início do prêmio em questão. Mais tarde, Taika Waititi foi flagrado pela atriz Brie Larson, que estava sentada próxima a ele, guardando o seu Oscar debaixo de uma poltrona no Teatro Dolby.

O vídeo em questão foi compartilhado por Larson em sua conta do Instagram e não demorou muito para começar a se reproduzido por outras páginas e perfis dedicados ao Cinema. O momento foi considerado muito engraçado na web.

Mais sobre o Oscar

É possível afirmar que o filme "1917", dirigido por Sam Mendes ("Beleza Americana"), era o grande favorito da noite, além de ser o líder de indicações. Entretanto, muitas das possíveis vitórias do filme acabaram ficando somente na teoria.

Nesse sentido, é possível destacar que as maiores surpresas relativas às perdas de "1917" ficaram por conta de três categorias específicas: Melhor Montagem (ou Edição), Melhor Diretor e Melhor Filme. Sobre a última isso ocorre visto que o Oscar tem uma tendência a dar o prêmio em questão filmes de guerra, e vários acabaram vencendo em seus respectivos anos.

Além disso, a vitória de Sam Mendes, enquanto diretor era dada como algo certo por vários veículos especializados. Porém, o mais chocante sem dúvidas foi o Oscar de Montagem, já que "1917" transmite a impressão de ter sido gravado todo em plano sequência, ou seja, sem cortes, algo bastante complexo de conseguir emular e também gravar.

O prêmio em questão acabou indo para as mãos de "Ford vs Ferrari", um dos filmes menos comentados da temporada de premiações de 2019/2020.

Outro favorito que também acabou não vencendo em nenhuma das dez categorias às quais foi indicado foi "O Irlandês", de Martin Scorsese. Bastante comentado ao longo do ano, especialmente por sua duração, o filme em questão não conseguiu emplacar nenhuma vitória, ainda que várias fossem esperadas para ele.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!