Pyong Lee já é considerado um dos participantes mais falados da temporada do "Big Brother Brasil", porém, além da fama de estrategista, o brother também vem ganhando a fama de polêmico, já que no último mês o seu nome esteve envolvido nas mais diversas situações dentro e fora da casa.

Polêmicas de Pyong

De assédio a polêmica de não ter assistido ao parto de seu filho, Pyong tornou a ser um dos nomes mais falados da web ao longo desta sexta-feira (28), depois que um vídeo em que o brother tenta beijar Bianca Andrade, eliminada do reality na última terça-feira (25), se tornar viral. O vídeo que não havia sido repercutido e nem mesmo visto pelos fãs mais fervorosos do programa mostra o coreano se aproximando de Boca Rosa engatinhando enquanto a mesma está sentada.

Para se afastar do até então colega de confinamento, a sister chega a virar o rosto para evitar que o beijo se concretizasse, e, assim, evitar o contato.

Pyong tentou beijar Bianca Andrade

A tentativa de beijo de Pyong teria acontecido na Festa Guerra e Paz (8/2) que já havia dado o que falar pois, na mesma noite, o brother sofreu acusações de assédio, após tentar beijar Marcela por duas vezes e chegar a apalpar as nádegas de Flayslane. Visivelmente bêbado na ocasião, o momento foi um dos mais repercutidos e alguns internautas chegaram a pedir a expulsão do coreano.

Com este vídeo vindo a público, a tag #PyongExpulso ficou em alta nas últimas horas no Twitter, com comentários bem negativos em relação ao brother.

Diversos internautas declararam que se sentiram enojados com a situação e que caso ele caísse no paredão o tirariam. Na ocasião, todos estavam bêbados, e as mulheres se mostraram incomodadas.

Internautas pedem expulsão de Pyong nas redes sociais

Após as cenas serem exibidas, a web pediu a expulsão de Pyong, que foi chamado no confessionário na manhã seguinte em que a produção do "BBB20" teria chamado a atenção do participante e salientado o que teria acontecido na festa, o que fez com que ele se desculpasse com Marcela pelo ocorrido.

Na ocasião, o apresentador do programa, Tiago Leifert deixou claro que eles haviam chamado Flayslane e Marcela ao confessionário para averiguar como elas haviam se sentido com a situação e se elas queriam que providências fossem tomadas.

Ao contrário de como o caso de Petrix ocorreu (que também foi acusado de assediar Bianca Andrade e Flayslane, mas que ao ser chamado pelo confessionário pela produção a conversa não foi exibida pelo público), a produção exibiu o depoimento das mulheres no confessionário e a conversa da produção com elas.

Na ocasião, elas disseram que Pyong não teria culpa, e mostraram a "bronca" que o brother levou, que confessou que teria passado do ponto com as mulheres durante a festa.

Entretanto, mesmo que a cena com Bianca provavelmente tenha sido vista pela produção do programa (que possui câmeras em todos os locais da casa), ela não chegou aos olhos do grande público naquele momento, e Bianca não foi chamada ao confessionário como as outras meninas.

Uma outra cena que veio a tona com a polêmica sobre Pyong foi um em que a influenciadora ressalta que poderia lamber até o umbigo do coreano, que também não viralizou na época do ocorrido. No vídeo em si, a sister ainda ressalta que a sorte dele é que ela ama muito Diogo, da banda Melim, com que namorava na época.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!