O cantor Fábio Júnior havia dado entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, no último domingo (22), após ter sentido falta de ar em sua residência.

De acordo com as informações passadas pela assessoria de imprensa do músico, a possibilidade de Fábio Júnior ter sido infectado com o novo coronavírus já foi descartado, no entanto, os médicos optaram por manter o famoso internado para realizar novos exames, após sair os demais resultados.

Ainda de acordo com a nota, a permanência do global no hospital se dá para que o cantor não fique exposto à possibilidade de contaminação.

Vale destacar também que, em tempos passados, Fábio Júnior havia passado por problemas cardíacos. O famoso faz parte do grupo de risco da Covid-19 em consequência de estar com 66 anos de idade.

Médico de confiança

Ao sentir dificuldade para respirar dentro de casa, Fábio Júnior imediatamente acionou seu médico de confiança, o infectologista David Up, que trabalha como coordenador de Contingência da Covid-19 no estado de São Paulo.

De acordo com as falas da assessoria, o cantor, no momento, não tem previsão de alta, seguindo fazendo uma série de exames.

A assessoria ainda contou que o pai de Fiuk havia sido internado do domingo (23), permanecendo no hospital para realizar os exames necessários. De acordo com eles, Fábio Júnior se encontra bem mas, no entanto [VIDEO], em função do famoso ter se sentido mal, o médico optou por deixa-lo no local para realizar um check-up geral. Devido à pandemia do novo coronavírus, a agenda de shows de Fábio Júnior necessitou ser adiada.

A situação do coronavírus no mundo

Segundo dados da última segunda-feira (23), o coronavírus já se proliferou de forma rápida, infectando 212 mil pessoas em 164 nações ao redor do globo e deixando 8.700 mortos.

Semana passada foi decretado estado de emergência no território brasileiro, recomendando que fechassem clubes, academias, lojas, shoppings, além de evitar todo o tipo de aglomeração, como praias, shows e teatros.

No estado de SP, o governador João Doria recomendou que fossem cancelados todos os eventos destinados ao lazer que obtivessem mais de 500 participantes, enquadrando eventos esportivos e culturais. Foi suspenso também as aulas em escolas e universidades, tanto da rede pública quanto da rede privada.

China

Ainda na segunda-feira (23), a China confirmou que os casos do novo coronavírus estavam tendo quedas diárias. Na nação, também foram reforçados medidas para combater estrangeiros infectados vindos do exterior.

No domingo (22), 39 novos casos foram confirmados no território chinês, de acordo com as informações pessoas pela Comissão Nacional de Saúde.

Não perca a nossa página no Facebook!