O cantor sertanejo Eduardo Costa decidiu botar a boca no trombone as últimas horas, manifestando grande indignação e repúdio com as atitudes que a classe artística vem tomando. O famoso, recentemente, anunciou a doação de R$ 2,5 milhões para o SUS, tentando realizar uma ajuda nos esforços que o Brasil vem tomando para contar o avanço do novo coronavírus nas regiões do país. Eduardo Costa não escondeu sua irritação com os Famosos brasileiros, dizendo que muitos deles estão com as contas abarrotadas de dinheiro e, mesmo assim, não realizam nenhum ato em prol do coletivo em um momento tal delicado como esse que estamos passando.

De acordo com Eduardo Costa, o que mais o revoltou foi o fato dos famosos saírem em suas redes sociais “batendo palminhas” e fazendo elogios aos profissionais da área de Saúde, embora não estejam realizando nenhum ato efetivo para ajudar no momento atual do Brasil. O cantor ainda afirmou que bater palmas não põe comida na mesa de nenhum brasileiro.

Continuando, Eduardo Costa disse que agir dessa forma não dará as pessoas um carro bom nem será capaz de pagar as escolas dos filhos dos cidadãos, fazendo citação para aqueles que haviam agido de tal maneira, como o apresentador Luciano Huck, contratado pela Rede Globo, e também para Rodrigo Faro, contratado da Record TV.

O vídeo que o cantor realiza seu desabafo foi publicado no YouTube, contando com mais de 17 minutos e sendo espalhado de maneira viral em todas as redes sociais.

Eduardo Costa ainda dispara ataques relacionados a companhia Vale, fazendo uma clara alusão a tragédia ocorrida na cidade de Brumadinho. O sertanejo ainda fala em “bando de vagabundos”.

Segundo as informações passadas pelo colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, o vídeo publicado pelo famosos caiu como uma verdadeira bomba no mundo artístico, deixando diversos famosos magoados com as menções que Eduardo Costa havia feito durante a gravação.

Até o momento, os citados não realizaram nenhum pronunciamento sobre o episódio.

Doação de Eduardo Costa para o combate ao coronavírus

A doação do sertanejo foi no valor de R$ 2,5 milhões, tudo com o intuito de ajudar o Sistema de Saúde (SUS) no combate contra a pandemia que vem se alastrando ao redor do mundo.

As informações foram passadas pelo programa Fofocalizando, transmitido no SBT. De acordo com a atração, o cantor deverá abrir mão dos direitos autorais de suas músicas enquanto o Brasil estiver passando pelo duro momento de crise.

O dinheiro adquirido dos direitos autorais também será destinado ao combate contra o surto.

Segundo as secretarias estaduais de Saúde, até as 21h desta segunda-feira (23), o Brasil confirmou 1.960 casos do novo coronavírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!