A TV brasileira amanheceu mais triste nessa quarta-feira (25), devido ao anúncio da morte da atriz Marianne Ebert, que contracenou com Daniela Perez na novela "Barria de Aluguel", onde viveu a personagem Drika. Aos 51 anos de idade, ela lutava desde 2016 contra um câncer de mama e faleceu na cidade do Rio de Janeiro. Na Rede Globo ela também gravou a novela "Sonho Meu".

Miguel Falabella sobre Marianne Ebert

O amigo e companheiro de trabalhos ao longo da vida, Miguel Falabella, se pronunciou sobre a morte de Marianne Ebert. Ela trabalhou com o ator e diretor em alguns musicais como, por exemplo, "A Pequena Sereia", uma produção adaptada para os palcos e dirigida por ele e que rendeu a Marianne, o apelido de 'sereiazinha'.

Miguel fez uma homenagem emocionante para a amiga, onde ele a chamou de guerreira e colocou que os acontecimentos de sua vida não lhe deram sossego. Na sequência ele falou do câncer de mama que a vitimou. Ele disse que ela sofreu por anos e anos devido a essa "maldita doença", que levou muitos transtornos a ela e acabou vencendo e a levando à morte. Por fim, o diretor lembrou do papel da amiga a chamando de sereiazinha', sobre o momento em que eles gravaram a peça do qual Miguel chamou de momento feliz vivido no palco do teatro Clara Nunes. Ele lembrou que aquela época foi marcada por constantes sonhos de vida e, por fim ele finalizou: "Que você possa descansar em paz".

Glória Perez se despede

A autora da novela que consagrou Marianne ("Barriga de Aluguel"), Glória Perez, se manifestou através de suas redes sociais para se despedir.

Em sua mensagem, ela destacou a luta da atriz contra o câncer, que venceu a batalha e disse que a vida foi muito cruel com ela.

Lamento de Maria Lúcia Priori

Outra que lamentou profundamente a morte da atriz, foi Maria Lúcia Priori. Ela disse que a estrela partiu e que a falecida sempre será luz: "Meus sentimentos à família". Maria Lúcia também a chamou de guerreira, exemplo de doçura e carinho.

Mais Marianne Ebert

Marianne Ebert não atuou somente nos palcos de teatro e nas telas de TV. Ela foi cantora e atuou como bailarina nos Estado Unidos, onde fez uma carreira. Sua volta ao Brasil foi para que ela pudesse fazer o tratamento contra o câncer. Há pouco tempo, vários amigos dela realizaram uma campanha para procurar ajudá-la no tratamento que estava realizando.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!