Sem futebol por causa da quarentena em precaução à COVID-19, os fãs da modalidade adotaram os brothers Felipe Prior e Babu Santana como o "time do coração" no "BBB 20" e têm jogadores como Gabigol como aliados no reality show.

O craque do Flamengo começou a acompanhar o programa depois que soube que o ator torce para o clube carioca, e questionou no reality se o time do coração tinha conseguido segurar o camisa 9.

E após Tiago Leifert abrir a votação para o 10º paredão, que foi formado entre Prior, Manu e Mari, o atacante puxou um mutirão de votos pedindo a permanência do arquiteto e iniciou uma treta no Twitter.

Isso porque Manu é apoiada por nomes do meio artístico, como Bruna Marquezine, que por sua vez, também pediu a permanência da melhor amiga na casa mais vigiada do Brasil. O paredão ainda colocou os ex-namorados Bruna e Neymar em lados opostos na torcida.

Com a polarização, Boninho logo divulgou o sucesso da disputa, que já tinha passado de 75 milhões, com cerca de uma hora de votação aberta. A expectativa é que o paredão entre Manu, Prior e Mari supere os anteriores e se torne o recorde de votação da atual edição.

Fãs de Manu recuperam tuítes antigos de Gabigol

Tentando diminuir a força do outro lado, e vendo que os apoiadores do brother estavam tentando queimar a imagem de Manu, os fãs da cantora recuperaram tweets antigos de Gabigol, contendo teor racista, e expuseram o atacante.

A sister despertou ainda mais o ódio dos jogadores de futebol, após os fãs da modalidade recuperarem tweets antigos da cantora dizendo que "odiava futebol". A melhor amiga de Bruna Marquezine diz torcer para o Corinthians a pedido do pai, contudo, não acompanha os jogos do Timão.

A rivalidade entre os dois brothers começou após o arquiteto usar na justificativa para colocar a cantora na berlinda, que a paulista de 27 anos estaria achando que o reality seria a 'Disney'.

Com ironia, a sister respondeu quando Tiago Leifert a chamou para ser a primeira a votar no confessionário: 'obrigada, Mickey'.

Assim, a disputa tende a ser ferrenha até o apresentador do programa encerrar a votação, perto das 23h dessa terça (31). Segundo a enquete extraoficial do UOL, a paulista está deixando a casa mais vigiada do Brasil, com 52,21% dos votos, contra 40,67% do brother, enquanto a baiana Mari aparece com 6,82%.

Boninho nega quatro paredões em duas semanas

Boninho usou o Twitter para rebater uma fake news sobre a programação das próximas semanas do programa. Alguns perfis divulgaram que haveriam quatro eliminações até o próximo dia 12 de abril, um domingo. De acordo com o diretor do reality, não há possibilidade de isso acontecer, muito menos de chutar a programação.

Não perca a nossa página no Facebook!