Roberto Justus se tornou um nome controverso quando o assunto é coronavírus, afinal, ao responder Marcos Mion em uma mensagem em um gripo privado, ele deu a entender que o impacto econômico e a recessão que poderia vir desta pandemia seria, em sua opinião, ainda mais preocupante do que as mortes.

O empresário Roberto Justus voltou a ser um assunto comentado nesta quinta-feira (26) ao criticar o isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde para impedir que o coronavírus se espalhe ainda mais com a aglomeração de pessoas em um mesmo local.

A opinião de Justus está de acordo com a do presidente do País, Jair Bolsonaro, que também criticou o isolamento social e o pânico que a doença tem causado em um pronunciamento público na Televisão aberta na última terça-feira (24).

O apresentador e empresário criticou a forma com que as pessoas tem reagido ao coronavírus, e nomeou de histeria o temor que algumas pessoas têm de se contaminar, na última terça-feira (23), em uma entrevista concedida ao "Aqui é Band".

Roberto Justus se preocupa com a economia do país

Roberto Justus ressaltou que tem uma preocupação muito grande com as consequências econômicas que afetarão o andamento do Brasil por conta do isolamento social, o que faz com que as pessoas consumam menos do que quando estão na rua. O fechamento de diversos empreendimentos que não são considerados essenciais também impacta de maneira direta com que as pessoas consumam menos.

O apresentador de "O Aprendiz" reafirmou o que ele já havia dito na mensagem vazada, e acrescentou que o que quis dizer no áudio vazado é que 90% das pessoas que terão o coronavírus, na visão de Roberto Justus, não vão ter nada de mais.

O empresário ainda ressaltou que a grande maioria das pessoas terá os sintomas de uma gripe leve, assim questionou o motivo de o planeta todo estar se isolando. Para Justos isso criaria uma questão ainda maior de se resolver, um problema econômico no país. Roberto Justus ainda acrescentou diz: “Vamos ter muito mais falidos do que gente morta”.

Áudio vazado de Roberto Justus

O nome de Justus foi envolvido em uma grande polêmica neste domingo (22), quando um áudio em que o empresário criticava um post feito por Marcos Mion que citava que o número de mortes por coronavírus poderia chegar a um milhão de mortos caso nenhuma providência fosse tomada pelos governantes.

O áudio com as críticas a Mion vazou e nele Justus explicava que a sua preocupação maior era com o que está por vir na economia do País, como o aumento do desemprego e uma possível recessão.

Muitas pessoas entenderam que Roberto Justus teria debochado de Marcos Mion ao pedir que ele acessasse um artigo em inglês que continha todas as informações que estavam sendo passadas por ele no áudio. Justos fala no áudio que não sabia como era o inglês de Mion, dando a entender para algumas pessoas que ele teria ironizado nesse momento. Uma parte da web entendeu que a fala de Justus poderia estar minimizando as mortes e as questões relacionadas a saúde.

Após o áudio ter vazado, Marcos Mion negou que ele tenha sido o responsável pelo o vazamento.

Embora Justus tenha tentado se justificar de suas palavras no referido áudio, a polêmica permaneceu no ar e foi um dos assuntos mais comentados das redes sociais. Roberto Justus está no grupo de risco do coronavírus por ser idoso, mas ressalta que não teme o vírus.

Roberto Justus enxerga exagero das pessoas

O apresentador ainda finalizou sua entrevista na Band ressaltando que de forma alguma estaria menosprezando o número de mortos, que é uma quantidade relativamente alta, mas que a sua preocupação era outra: o possível aumento da criminalidade e a quantidade de pessoas que poderiam perder as suas vidas por conta disso, além da quantidade de pessoas que poderá morrer de fome com a recessão que pode estar por vir.

Roberto Justus ainda ressaltou que tudo que está acontecendo são ações excessivas, em comparação com os números de casos, que não são tão grandes, de acordo com ele.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!