A trama com a família de Gugu ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (5). Tudo ocorreu após a viúva do apresentador Gugu Liberato, Rose Miriam di Matteo, acionar a Justiça, afirmando que as mensalidades referentes ao inventário do comunicador estavam atrasadas. O advogado da médica, Nelson Wilians, ainda ressaltou que o valor de US$ 10 mil deveria ter sido depositado desde o dia 10 de fevereiro, indo para o segundo mês consecutivo de seu vencimento sem receber a quantia devida.

O site Metrópoles procurou os advogados encarregados de cuidar do espólio do comunicador. Ao serem indagados, Carlos Eduardo Farnesi Regina e Dilermando Cigagna afirmaram que as informações que Rose Miriam estava proferindo para os jornais eram fraudulentas e equivocadas, não refletindo a verdade sobre aos fatos.

Ainda de acordo com as informações dos advogados da família de Gugu Liberato, o devido dinheiro que deve ser depositado todos os meses tem a finalidade de suprir as necessidades de seus filhos e a manutenção da casa, sendo, o valor, já autorizado e enviado judicialmente para a conta aberta nos Estados Unidos.

Os advogados ainda ressaltam que a viúva deveria ter conferido a conta bancária, pois o dinheiro já havia cumprido suas determinações legais sido depositado. Os advogados disseram que Rose Miriam di Matteo está no Brasil desde o dia 14 de fevereiro, e seus três filhos, as gêmeas Marina e Sofia e João Augusto, estão nos Estados Unidos.

Advogados entregam fotos à Justiça

A defesa de Rose Miriam di Matteo, tentando provar a união estável que a viúva tinha com o apresentador Gugu Liberato, separou um acervo com 75 fotos, tiradas nos anos de 2000 até 2019. O processo, que atualmente corre sob segredo de Justiça na 9ª Vara da Família e Sucessões do Foro Central de São Paulo foi acessado pelo jornal O Globo.

Vendo as imagens, é possível ver com clareza fotos de Rose ao lado de Gugu em viagens internacionais, encontros românticos e com os familiares do casal. Após se passarem três meses desde a morte do famoso, a incessante disputa pela herança de R$ 1 bilhão foi travada, garantindo brigas e alvoroços por parte da família de Rose.

O acervo em questão está espalhado ao redor das 128 páginas que contemplam o documento principal da ação.

Algumas imagens são privadas e outras públicas. Muitas delas haviam sido divulgadas por pessoas com ligação à vida do casal. A maioria das fotos, no entanto, foram tiradas entre os anos de 2001 e 2005, aonde Rose estava em sua primeira gestação, esperando João Augusto, que atualmente está com 18 anos e Sofia e Marina, gêmeas de 16 anos de idade.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!