O compositor norte-americano Adam Schlesinger, autor da canção "That Thing You Do!", que fez parte da trilha sonora do filme "The Wonders - O Sonho Não Acabou" (The Wonders, 1996), morreu no último dia 1°, vítima da pandemia mundial do coronavírus. Ele tinha apenas 52 anos de idade.

De acordo com a revista Variety (publicação especializada no mundo do entretenimento), o músico havia sido internado no dia anterior, 31 de março, em um hospital em Nova York. Ele estava "muito doente e muito sedado", conforme confirmou seu advogado Josh Grier.

A canção tema "That Thing You Do!" foi indicada ao Oscar de Melhor Canção em 1997 e também ao Globo de Ouro na mesma categoria, e foi uma das músicas mais tocadas do ano de seu lançamento, alcançando as paradas de sucessos mundiais.

O filme "The Wonders - O Sonho Não Acabou" foi dirigido pelo ator Tom Hanks, que recentemente também anunciou ter sido contaminado com a Covid-19, junto com sua esposa, a também atriz Rita Wilson. Felizmente, ambos já receberam alta e deixaram a quarentena.

A carreira

Nascido em 31 de outubro de 1967, o baixista Adam Schlesinger também fez parte do conjunto Fountains of Wayne, banda que fundou com Chris Collingwood. Formada em 1995, a banda de rock alternativo foi indicada ao Grammy em 2004, pela canção "Stacy's Mom", o maior sucesso do conjunto.

Ao longo de sua bem sucedida carreira, recebeu indicações a diversos prêmios importantes, como o Emmy, o Tonny e o Grammy e o Oscar. Em 2019, ele havia vencido um prêmio Emmy (a principal premiação da televisão norte-americana), pela música da série de tv "Crazy Ex-Girlfriend" (2015-2019).

Ele também foi roteirista de alguns episódios da série.

No Cinema, também foi compositor de músicas para diversos programas e séries televisivas, e teve músicas incluídas em mais de 100 produções. Sendo também compositor de trilhas sonoras usadas em filmes como "Quem Vai Ficar com Mary?" (There's Something About Mary?, 1998), "Eu, Eu Mesmo e Irene" (Me, Myself & Irene, 2000), "Josie e as Gatinhas" (Josie and the Pussycats, 2001), "O Amor é Cego" (Shallow Hall, 2001), "Letra e Música" (Music and Lyrics, 2007) e "Descobrindo o Amor" (Damsels in Distress, 2011).

O compositor era divorciado e tinha uma filha, nascida em 2003.

Vítimas do coronavírus

Desde o começo da pandemia do Coronavirus, diversas pessoas já perderam a vida por todo o mundo, incluindo algumas celebridades, como o desenhista e educador brasileiro Daniel Azulay, a atriz italiana (e ex-Miss Itália) Lucia Bosé, e os atores Mark Blum e Andrew Jack, que atuou na saga de filmes "Star Wars".

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!