Em breve em “Fina Estampa”, Tereza Cristina (Christiane Torloni) fará uma revelação bombástica sobre si mesma. A ricaça, que estará sob efeito de uma droga poderosa, vai deixar escapar um segredo ao seu respeito.

Ao ser dopada por Crô (Marcelo Serrado), a madame vai acabar confessando durante o sono alguns detalhes do dia em que ela À e acabou matando o criminoso.

No momento em que estiver muito dopada pelos remédios dados pelo assistente, a ricaça vai acabar dando com a língua nos dentes a respeito de seu segredo, que será exposto em breve na trama.

Em um momento em que a ricaça estiver com os nervos à flor da pele, ela vai acabar aceitando o comprimido de "boa noite, Cinderela" dado pelo empregado.

Diante de tanto nervosismo, a vilã da trama vai aceitar a oferta do seu mordomo, que, em seguida, após dar o comprimido para a madame, tentará até mesmo acalmá-la, cantando uma música de criança para a mesma antes que ela pegue no sono de uma vez por todas.

No entanto, o remédio dado por Crô terá uma feito completamente inesperado no organismo de Tereza Cristina, e fará com que ela, que está atormentada pela morte do mafioso, passe por vários pesadelos durante seu sono, lembrando do momento em que ela empurrou o criminoso da escada. As cenas em questão serão exibidas no capítulo da próxima quinta-feira (7).

Efeito para confessar crime

Durante o seu sono conturbado, a ricaça vai se debater na cama enquanto ela relembra a respeito da chantagem que foi feita com ela pelo criminoso.

Enquanto dorme, Tereza Cristina irá relembrar do momento e balbuciará a respeito de uma senha, e logo em seguida ficará repetindo a palavra "morto".

O empregado que estará ao pé da cama no momento da revelação da megera, não vai resistir ao momento sem incentivar que ela continue o seu relato para satisfazer sua curiosidade. Crô então questionará a patroa a respeito de quem está morto que ela cita em seus devaneios, e logo em seguida Tereza Cristina irá disparar revelando que morte foi do mafioso.

Ao conseguir a resposta da patroa, Crô vai continuar incentivando que ela fale mais, e questionará a ela quem é o mafioso em questão que morreu. No entanto, a patroa irá disparar novamente apenas a palavra “assassinato” ao se mexer mais uma vez durante o seu sono conturbado.

Curioso com a situação, o empregado continuará provocando a patroa e incentivará que ela lhe conte o nome deste mafioso que ela cita em seus sonhos.

Neste momento a megera irá confessar que ela matou o mafioso e que estava sozinha no momento.

Diante da revelação, Crô continuará especulando a respeito do assassinato do mafioso e questionará a patroa a respeito de onde está o corpo do homem que foi morto por ela.

Siga a página Novelas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!