A classe artística, assim como muitas profissões no Brasil, se viu altamente prejudicada após a chegada da pandemia do novo coronavírus ao Brasil. Com a decisão da OMS de que a população não deve sair de casa evitando aglomerações, as apresentações e shows dos cantores foram cancelados e a previsão é que sejam os últimos a voltarem a trabalhar e fazer grandes shows com a presença do público.

Cantores fazem lives direto de casa

Diante da atual situação, o cantor Gusttavo Lima foi o primeiro a ter a ideia de fazer uma live show, direto da sua casa, e se apresentar para os fãs. A ideia foi totalmente aceita pelo público e a pedido dos mesmos, muitos outros cantores fizeram suas apresentações através do canal ou ainda farão.

Gusttavo Lima e demais artistas, além de se apresentarem e alegrarem os brasileiros que se encontram isolados em casa, também estavam fazendo uma ação solidária arrecadando alimentos e outras coisas para doações. Fato é que, após ver o sucesso dos cantores, e querendo lucrar com isso, o canal do YouTube criou uma série de regras para as lives dos artistas, o que não agradou a eles.

Gusttavo Lima e críticas por beber em live

A segunda apresentação de Gusttavo Lima no YouTube ocorreu no dia 11 de abril e após isso, sua apresentação foi retirada do ar. O Conar entrou com uma representação ética contra o sertanejo e contra a Ambev, sua patrocinadora de cerveja, pela propaganda e uso excessivo de bebidas durante a live.

Após isso, o YouTube proibiu uma série de coisas nas lives, inclusive algumas propagandas e o uso de bebidas.

Nas últimas lives, os sertanejos diziam estar tomando chá ou mesmo água, para não fazer propaganda de bebidas. Isso tudo veio após o canal perceber que os artistas estavam lucrando alto com os shows online.

Gusttavo Lima teria lucrado alto durante as suas lives, fala-se no meio da música que cada um dos quatro patrocinadores do cantor teriam desembolsado 300 mil reais para ter sua marca na apresentação do sertanejo.

O YouTube não gostou disso e impôs regras duras impedindo o faturamento.

Criação de app por Gusttavo Lima

Mostrando mais uma vez que realmente está à frente das coisas, o cantor Gusttavo Lima, juntamente com a participação de outros sertanejos, como Matheus, da dupla com Kauan, participarão de uma reunião na intenção de desenvolverem um aplicativo próprio, que tenha alta qualidade, e que permita os mesmo transmitirem as suas lives sem ter que depender de nenhuma plataforma, como o YouTube e suas regras.

As informações são do colunista Leo Dias, do portla UOL.

Segundo Leo Dias, nos Estados Unidos isso já é realidade e esses aplicativos já existem. Os artistas não aceitam o monopólio de nenhuma empresa controlando as suas maneiras de ganhar dinheiro. Anitta, que se negou a fazer lives para os fãs através do YouTube, dizem que também está trabalhando em um projeto próprio para vencer essa nova realidade imposta pela covid-19.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!