O sertanejo Gusttavo Lima teve uma iniciativa de realizar uma live show em seu canal no YouTube para alegrar os brasileiros que se encontram em isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus. Além de se apresentar para os fãs direto de sua casa, o artista realizou uma campanha e conseguiu arrecadar toneladas de alimentos e insumos hospitalares para doações.

Famosos seguem Gusttavo Lima e realizam lives

A iniciativa do sertanejo foi seguida por diversos cantores, que viram seus fãs pedindo que eles também realizassem shows através de lives para que a quarentena dos brasileiros se tornasse mais leve.

Grandes nomes da música como Marília Mendonça, Jorge e Mateus, Bruno e Marrone, Zé Neto e Cristiano já se apresentaram para o público de casa.

Nos próximos dias ocorrerão outras lives com nomes de peso da música brasileira. Entre elas ocorrerão lives de Wesley Safadão, Maiara e Maraísa, Simone e Simaria, Luan Santana, Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano, Leonardo, Eduardo Costa e até do rei Roberto Carlos, que comemorará seu aniversário de 79 anos em uma live com os fãs.

Críticas às lives de Gusttavo Lima

No último sábado (11) ocorreu a segunda live de Gusttavo Lima, que durou mais de sete horas e onde ele novamente arrecadou grandes toneladas de alimentos e insumos hospitalares para doações, assim como tem feito todos os cantores em suas lives.

Acontece que após a última apresentação do sertanejo, o Conar entrou com uma representação ética contra a Ambev e contra o sertanejo por causa da propaganda de bebidas alcoólicas e o consumo excessivo pelo cantor durante as apresentações. Para o órgão, a propaganda e consumo da bebida estavam ocorrendo de forma irresponsável, o que pode servir de mau exemplo para crianças e adolescentes.

Gusttavo Lima disse que não faria mais lives

Após receber as críticas, o sertanejo Gusttavo Lima disse em sua rede social que eles estavam arrumando uma forma de manter contato com os fãs durante a pandemia e o isolamento social e que as pessoas que estavam criticando não estavam fazendo nada para ajudar as pessoas carentes como eles estavam fazendo.

Ele disse que os artistas estavam dividindo um momento de intimidade com o público e mostrando como são no dia a dia, mas que não iria mais realizar lives, se era para ser censurado. Muitas pessoas saíram em defesa de Gusttavo Lima, inclusive o presidente Jair Bolsonaro.

Jair Bolsonaro defende Gusttavo Lima

Jair Bolsonaro fez uso do seu Twitter na noite desta quinta-feira e disse que se solidariza com o cantor Gusttavo Lima, que vem sendo injusta e covardemente atacado após ter realizado uma live de dentro da sua própria casa. O presidente elogiou a iniciativa do cantor e dos demais colegas de profissão e disse que eles tem sido grandes heróis contra a covid-19 e merecem aplausos. "Minha solidariedade ao cantor @gusttavo_lima, que vem sendo injusta e covardemente atacado após a grande live que fez dentro de sua própria casa", disse.

Bolsonaro disse que os cantores tiveram uma iniciativa espontânea e louvável que demonstrou amor pelo povo e pelo Brasil, ao levar entretenimento e conforto para a casa de milhões de famílias nesse momento de estresse e ao mesmo tempo arrecadarem toneladas de alimentos para doações. Ele terminou a publicação dizendo que o Brasil agradece.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!