Segundo informações divulgadas por Ronaldo Tiradentes, em seu programa de rádio no Amazonas, Sikêra Jr, apresentador do “Alerta Nacional”, da RedeTV!, está com seus dois pulmões comprometidos devido à Covid-19. Além disso, o jornalista ainda afirma que o apresentador recebeu o diagnóstico nesta terça-feira (28), atestando positivo para o novo coronavírus.

Vale lembrar que Sikêra Jr. está afastado da RedeTV! desde quarta-feira (22), quando chegou a passar mal ao vivo enquanto apresentava o “Alerta Nacional” e precisou ser substituído por outra repórter da emissora. Além disso, vale ressaltar também que Sikêra Jr.

foi um dos jornalistas que foram contra o isolamento social e, em um determinado momento, chegou até a ironizar a recomendação da Organização Mundial da Saúde.

RedeTV! nega que Sikêra Jr. esteja com pulmões comprometidos

Depois de ter conhecimento das afirmações do jornalista Ronaldo Tiradentes, a assessoria de imprensa da RedeTV! negou que o apresentador do “Alerta Nacional” esteja com os pulmões comprometidos ou internado na UTI.

A emissora alega que Sikêra está em casa e afirma que o teste rápido atestou negativo para o novo coronavírus. Contudo, de acordo com a emissora, o apresentador realizou um teste mais preciso que ainda não teve o resultado divulgado.

Coronavírus

De acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (29), o Reino Unido se tornou o segundo país com maior número oficial de mortes pelo novo coronavírus em toda a Europa.

Segundo informações, em apenas 24 horas foi registrado um aumento de quase 5.000 casos pela Covid-19 no país.

Na Alemanha, em 24 horas, houve um crescimento de 1.304 casos confirmados e 202 mortes confirmadas. No país, o governo pretende estender o alerta de viagem até, pelo menos, 14 de junho. Vale lembrar que tal alerta teve início em 17 de março.

Também em 24 horas foram registradas 427 mortes pelo novo coronavírus na França, que já soma um total de 24.087 óbitos pela Covid-19.

Argentinos usam Brasil como exemplo negativo diante da pandemia

Nas redes sociais, argentinos estão utilizando dados divulgados pelo Ministério da Saúde do Brasil para usar o país como exemplo negativo em relação ao combate ao coronavírus.

No entanto, não são apenas os dados divulgados pelo Ministério da Saúde que estão sendo compartilhados nas redes sociais. Isso porque argentinos ainda estão fazendo piadas, paródias e até memes do presidente Jair Bolsonaro, relacionando o Brasil como destaque negativo em meio à pandemia.

Presidente argentino se mostra preocupado com o Brasil

No domingo (26), ao anunciar o prolongamento do isolamento social e o fechamento das fronteiras por mais duas semanas, o presidente da Argentina, Alberto Fernandéz, mostrou-se preocupado com o número de mortes decorrente da Covid-19 no Brasil. Vale ressaltar que, diferente do presidente do Brasil, Alberto é a favor do isolamento social diante da pandemia do novo coronavírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!