Através de uma nota oficial, divulgada pela assessoria do SBT nesta quinta-feira (16), a emissora desmentiu boatos de que o apresentador e dono do SBT, Silvio Santos, tenha indicado nomes de profissionais para ocupar o cardo político de Luiz Henrique Mandetta, demitido do ministério da Saúde por Jair Bolsonaro na última quinta-feira (16).

A notícia que Silvio Santos teria supostamente indicado nomes para ocupar o antigo cargo de Mandetta foi divulgada originalmente pela revista Veja, e agora desmentida pela assessoria de imprensa da emissora.

Nota Oficial do SBT

Silvio Santos deixou claro através da nota oficial não se meter e política.

O apresentador diz que sua concessão de televisão pertence ao Governo federal, por isso, ele ressalta que jamais se colocaria contra uma decisão de seu “patrão”, que no caso, é dono de sua concessão. Silvio Santos ressalta ainda jamais ter acreditado que um funcionário acabasse ficando contra o dono. Para o dono do SBT, se o funcionário não aceita a opinião de seu chefe ele deve “arranja outro emprego”.

Jair Bolsonaro demite Mandetta

A notícia da demissão de Luiza Henrique Madetta foi divulgada pelo próprio, agora, ex-ministro, em suas redes sociais. Na publicação, o médico diz que havia acabado de ouvir de Jair Bolsonaro o aviso de seu desligamento do Ministério da Saúde. Por isso, Mandetta disse querer agradecer a oportunidade que lhe foi dada, de ser gerente do SUS, “de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde” e também por planejar o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Mandetta ainda diz que a pandemia da Covid-19 é o grande desafio que o sistema de saúde brasileiro está por enfrentar. Além disso, o médico também aproveitou para agradecer toda a equipe que esteve ao seu lado no Ministério da Saúde, e desejou sucesso a seu substituto no cargo. Para terminar, Luiz disse rogar a Deus e a Nossa Senhora Aparecida para que “abençoem muito o nosso país”.

Nelson Teich é o novo Ministro da Saúde

Após anunciar sua demissão nas redes sociais, Mandetta ainda afirmou para à jornalista Andréia Sadi, do GloboNews e do G1, que agora seu cargo no Ministério as Saúde será comandado pelo oncologista Nelson Teich.

Depois disso, por volta das 17h30, desta quinta-feira (16), a exoneração de Mandetta foi divulgada no Diário Oficial da União e, no mesmo documento, foi anunciada a nomeação de Nelson Luiz Sperle Teich como o novo Ministro da Saúde do Brasil.

Vale lembrar que Luiz Henrique Mandetta estava à frente do MS desde o início do governo Bolsonaro, que começou em janeiro de 2019, e ganhou grande visibilidade durante a pandemia do novo coronavírus atingir o país.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!