"O Último Dragão" é a novela mais recente protagonizada pelo galã argentino Sebastián Rulli. Trata-se de uma coprodução entre México (Televisa) e Estados Unidos (Univisión), que conta a história de um jovem japonês que nasceu em uma família de traficantes, mas está disposto a mudar essa realidade e ganhar seu dinheiro honestamente. Recentemente, a Netflix disponibilizou no Brasil a segunda temporada da novela (que a Netflix trata como série), depois de já ter estreado a um bom tempo tanto no México quanto nos Estados Unidos. O sucesso por aqui surpreendeu, já que a atração figurou por vários dias entre um dos programas mais assistidos no serviço de streaming aqui no Brasil.

Mesmo com a série/novela caindo nas graças do público, um detalhe que aconteceu no final deixou os assinantes da Netflix revoltados.

Público na bronca (alerta de spoilers)

Acontece que no final do último episódio da segunda temporada uma das personagens mais importantes da novela acaba morrendo: Adela. Para quem não acompanhou a novela, Adela fazia par romântico com Miguel (personagem de Sebastián Rulli), ou seja, o casal protagonista da atração. Com a morte dela, o público já começou a entender que a novela seria finalizada após sua segunda temporada.

E é exatamente isso que deve acontecer. Além da morte de Adela, o próprio Sebastián Rulli confirmou que a Univisión encerrou a trama em seu Instagram oficial. Em uma mensagem publicada, Rulli agradece a oportunidade de ter participado do projeto e ainda se diz feliz com a decisão da emissora de cancelar o projeto.

No entanto, ainda em seu Instagram, Rulli afirmou que "ainda tem muita história pra contar" na novela, deixando um ar de mistério sobre uma possível continuação ou não da trama.

Caso o encerramento de "O Último Dragão" seja mesmo confirmado, o público que já acompanha tramas latinas a algum tempo certamente não deve ficar muito surpreso, já que na grande maioria das últimas coproduções entre Televisa e Univisión, as Novelas tiveram um número reduzido de capítulos.

Foi assim em "Amar a Muerte", de 2018, que teve apenas 86 capítulos e todas as produções do projeto "Fábrica de Sueños", como 'A Usurpadora e 'Cuna de Lobos', com 25 capítulos cada uma. Caso "O Último Dragão" seja encerrada com os atuais 82 capítulos, não fugirá deste padrão.

Audiência nos EUA

Os únicos dados de audiência de "O Último Dragão" pela Univisión nos EUA, datam do dia 9 de outubro de 2019, quando a primeira temporada ainda estava em exibição.

Neste dia, a trama venceu a Telemundo, sua principal concorrente. Foram 1,4 milhões de telespectadores contra 827 mil da Telemundo, que exibia a série "No Te Puedes Esconder".

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Novelas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!