Gizelly Bicalho foi uma das participantes do "BBB20" e dentro da casa mais vigiada do Brasil ela se envolveu em várias polêmicas, mas após o fim do reality a ex-BBB continua em alta e resolveu falar sobre o relacionamento com alguns colegas de confinamento. A advogada admitiu que ainda não teve tempo de assistir a todos os vídeos do reality global, mas que já se arrepende de algumas posturas tomadas no programa.

"A gente, por exemplo, não queria ir falar com o Hadson daquela forma. Mas hoje, pensando nisso, talvez assim ele pôde entender o que estava acontecendo. Mas me arrependo de ter ido falar com ele daquela forma, me arrependo de ter me exaltado com Victor Hugo, me arrependo de ter gritado.

Não gosto de perder o controle, mas lá dentro é um mix de sentimentos muito grande", disse a ex-BBB.

Gizelly acredita que os confinados no "BBB20" acabaram perdendo o controle muitas vezes porque estavam em uma casa com pessoas desconhecidas e ainda tem a pressão do jogo e isso potencializa as discussões que logo acabam acontecendo.

A ex-BBB fez questão de lembrar de quando teve a "guerra do biscoito", "guerra do feijão" e explicou que dentro do "Big Brother Brasil" os confinados brigam por coisas que aqui fora passa desapercebido por todos e por isso o público acha tão estranho. "Lá tem um universo paralelo que é só nosso", disse a advogada.

Ela ainda falou sobre o fato do confinamento deixar os participantes mais sensíveis e que um dos maiores arrependidos durante o tempo em que esteve no "BBB20" foi o fato de ter se exaltado com o Victor Hugo.

Gizelly lembrou que já teve depressão, precisou passar por um difícil tratamento e que ao entrar no reality global tudo muda de uma hora para outra.

Gizelly quer amizade só com alguns ex-BBBs

A ex-BBB confessou ser grata pela oportunidade e que um momento marcante foi quando Ivy e Daniel entraram no "BBB20" com algumas informações externas, pois assim ela pode confirmar muitas coisas que já vinha suspeitando.

Gizelly Bicalho enxerga seus erros e acertos dentro do "BBB20" com clareza, mas sabe que não continuará tendo contatos com todos os colegas de confinamento, já que o desentendimento com uns deixou claro que é melhor ficar bem longe deles.

A advogada explicou que não tem como manter uma amizade com alguns ex-BBBs porque são 'ideologias diferentes' e que isto acabaria gerando novas discussões.

"Tem pessoas ali que, comigo, não tem como nem ser amigo. São ideologias diferentes, vamos acabar sempre discutindo", disse. Mas Gizelly quer manter a amizade com outros para a vida toda, pois se deram muito bem na casa e acredita que aqui fora não será diferente.

Gizelly foi muito elogiada nas redes sociais durante o tempo que esteve no "BBB20" por ter uma postura forte no reality, mas hoje ela se mostra arrependida de algumas atitudes e contou que a vida aqui fora é bem diferente, por isso está preocupada com o ódio que tem visto nas redes sociais.

Para a ex-BBB, os internautas precisam entender que a vida real não é um jogo, por isso não se deve sair julgando as pessoas na web, inclusive alguns de seus fãs chegaram a ser ameaçados, o que mostra como a situação é preocupante.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!