A atriz e radialista Daisy Lúcidi tinha 90 anos. Desde o dia 25 de abril ela estava internada em um hospital particular. Além de trabalhar em novelas, ela também trabalhou em alguns programas de rádio por mais de 46 anos e também já foi eleita como deputada e vereadora,

Daisy Lúcidi morreu nesta madrugada

A atriz veio a falecer na madrugada desta quinta-feira (7). Daisy Lúcidi estava internada no hospital com coronavírus no CTI (Centro de Terapia Intensiva), desde o dia 25 de abril no Hospital São Lucas, na zona sul do Rio de Janeiro, em Copacabana. Ela estava em estado grave, respirando por aparelhos e sedada.

A atriz fez sua estreia na televisão no ano 1960, fez papéis muito importantes e os primeiros da Rede Globo de Televisão. Durante 46 anos, ela comandou o programa de rádio "Alô Daisy" na Rádio Nacional. Em 2015, a atriz fez a última aparição nas novelas da Rede Globo de Televisão em "Geração Brasil". A atriz e Radialista também já foi vereadora e deputada estadual do Rio de Janeiro.

Família relembra bons momentos de Daisy Lúcidi

Em suas redes sociais, o neto de Daisy Lúcidi fez uma postagem de uma foto do aniversário de 90 anos de idade de sua avó, no ano passado (2019) e agradeceu na legenda da foto todo o apoio que estava recebendo pela família. No texto ele dizia que nesse momento tão triste para todos e também para sua família, o que o conforta é que sua avó teve uma vida plena e feliz, cheia de vitórias, amor e realizações, que o seu legado estará sempre presente no meio de nós.

O hospital onde ela estava internada soltou um comunicado sobre o falecimento da atriz, nele dizia que o hospital está se solidarizando com toda a família e amigos nesse momento tão dolorido.

Vida pessoal de Daisy Lúcidi

A atriz era viúva do jornalista Luiz Mendes desde 2011. Ele morreu de leucemia. Antes de trabalhar na Rede Globo Televisão em 1974, ela trabalhou na TV Tupi e na TV Rio.

Para seguir carreira na política, a atriz teve a necessidade de se afastar das telas da Televisão.

Logo após 36 anos longe da televisão, a atriz voltou a trabalhar em novelas no ano de 2007, na novela "Paraíso Tropical". Ela interpretava uma síndica de prédio, que era uma viúva. Em 2010, ela trabalhou na novela "Passione", de Silvio Abreu, fazia o papel de Valentina, uma mulher que escondia um lado escuro por trás de verniz bem amigável.

No ano de 2013, ela fez uma aparição no seriado da TV Globo "Tapas e beijos" fazendo o papel da mãe de PC. Já em 2014, ela fez sua última aparição em novelas em "Geração Brasil", fazendo o papel de uma mulher chamada Marlene, que era irmã da personagem interpretada por Lady Francisco.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!