A atriz Daisy Lúcidi testou positivo para o novo coronavírus no mês de abril e agora está internada na Zona Sul do Rio de Janeiro, em um hospital particular.

O neto da atriz, Cacau Mendes, publicou em uma rede social mais detalhes. No post, ele pede que todos mandem boas vibrações e torçam pela recuperação da avó. Ele também dá atualizações sobre o quadro de saúde dizendo que ela está estável no CTI do Hospital São Lucas, mas que também está respirando por aparelhos. Ele pediu orações e esperança para todos os seus seguidores.

Diversos parentes, amigos e colegas desejaram melhoras a Daisy Lúcidi em suas redes sociais, e lamentaram o quadro em que a radialista se encontra.

Sobre Daisy Lúcidi

Daisy Lúcidi é uma famosa atriz, radialista e política. Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 10 de agosto de 1929. Era casada com o jornalista Luiz Mendes, que morreu por leucemia em 2011.

Daisy começou a atuar na TV Rio em 1963, em "Nuvem de Fogo". Entrou para a Rede Globo em 1974, mas 3 anos depois largou a televisão para investir na carreira política. Ela foi vereadora e deputada estadual no Rio de Janeiro, e esteve no PDS, PFL e no PPR.

Daisy só foi voltar para a televisão após 31 anos, em 2007, em "Paraíso Tropical", de Gilberto Braga.

Em 2010, ela fez a personagem Valentina, na novela "Passione", de Silvio de Abreu.

Ela também participou do seriado de comédia "Tapas & Beijos", como a mãe de PC (Daniel Boaventura).

Última participação de Lúcidi no cinema

Sua última participação do cinema, até então, foi como Erenice, no episódio "A Coisa Mais Moderna Que Existe Na Vida É Envelhecer", na série "Os Homens São de Marte... E é Pra Lá Que Eu Vou", uma comédia romântica escrita por Mônica Martelli e que passa no canal fechado GNT.

'Alô Daisy'

Durante a maior parte de sua vida profissional, Daisy apresentou o programa da Rádio Nacional do Rio de Janeiro “Alô Daisy”.

Ela entrou para a Rádio Nacional em 1952, mas só estreou no programa em 1971, e o comandou por 44 anos. O programa fala sobre os mais diversos termas, e foca no dia a dia dos habitantes do estado do Rio de Janeiro e ele acontecia das 11h ao meio-dia.

Daisy contribuiu durante toda sua vida para o rádio. Começou quando ela tinha apenas 6 anos, com declamações de poemas.

Por 10 anos ela esteve com César Ladeira apresentando o programa “Seu Criado, Obrigado!”.

Durante o auge da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, ela esteve em radioteatros com grandes nomes, como Paulo Gracindo e Mário Lago. Daisy também teve muitas participações nos episódios da série da Rádio “Teatro de Mistério”.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!