O ator Bruno Gagliasso, marido de Giovanna Ewbank, usou o Twitter para relatar aos seus seguidores e fãs sobre um momento constrangedor que passou, quando o ator e sua família teriam sido hostilizados por conta da forma com que se posicionam politicamente nas redes sociais.

O ator, que se tornou nacionalmente conhecido por participar de diversas produções da TV Globo ao longo de muitos anos, desabafou sobre a forma com que teria sido tratado por alguns policiais em uma rodovia do Rio de Janeiro.

Bruno Gagliasso é parado pela polícia

Nas redes sociais, Bruno, que saiu da emissora global no ano passado para ir para a Netflix, relatou que o seu carro com todos os seus familiares foi parado pela polícia na entrada de Búzios: "trataram a gente como bandidos".

Gagliasso ressaltou que ao ser parado pelos policiais eles teriam se referido a sua família como "lacradores", acusando eles de estarem portando diversas drogas no porta-malas. O ator ressaltou que no porta-malas apontado pelas autoridades haviam brinquedos da sua filha, Titi, além de roupas da pequena.

O ator ainda aproveitou a oportunidade para ressaltar que antes das eleições presidenciais que elegeram Jair Bolsonaro, a sua esposa, Giovanna Ewbank, havia pedido para que ele não fizesse mais pronunciamentos públicos de cunho político, pois a apresentadora temia que o casal sofresse retaliações.

Bruno Gagliasso relata apreensão de Giovanna

Bruno Gagliasso relatou que durante muitos meses a loira pediu que ele não se pronunciasse e chegou a implorar que ele não falasse nada sobre política, pois a apresentadora não aguentava mais os supostos ataques que sua família vinha sofrendo de pessoas que ele nomeou como de gente "imunda", acrescentando que agora estas pessoas estariam no poder.

Bruno Gagliasso fala sobre fake news

O ator ainda aproveitou a oportunidade para comentar algumas fake news que estariam circulando na internet em relação as suas opiniões políticas. Bruno desabafou que o seu nome vem sendo relacionado a diversas fake news que são difundidas nas redes sociais, desabafando ter recebido um e-mail de uma senhora que relatava ser sua fã há muitos anos pedindo que ele parasse de apoiar a pedofilia.

Bruno Gagliasso completou, ressaltando que ele e Giovanna haviam passado muitos meses tentando compreender o que estava acontecendo em relação às notícias, e que o casal estava sendo difamado de diversas formas.

O ex-global ainda ressaltou que postaram fotos de Bruno com um amigo seu com mais de 18 anos afirmando que seria o seu verdadeiro namorado, e que, na verdade, Giovanna Ewbank seria apenas uma "fachada" para esconder a "pederastia".

O ator se tornou um dos assuntos mais comentados neste ano, ao se posicionar em alguns assuntos polêmicos, tanto em relação à política como no "BBB"

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!